Notícia

DCI

Biblioteca Virtual da Fapesp registra recorde de visitação

Publicado em 29 agosto 2012

A Biblioteca Virtual (BV) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) registrou durante o mês de agosto, um recorde de visitas em um único dia. Em 13 de agosto, a Biblioteca Virtual recebeu mais de 10 mil acessos, originários do Brasil e . de diversos outros países, como, por exemplo, Estados Unidos, Portugal,Alemanha e China.

O recorde de visitação é atribuído a uma série de recursos e mudanças técnicas implementadas nos últimos anos no sistema de informação da biblioteca virtual, com o objetivo de aumentar o acesso à informação do público em geral sobre os projetos e resultados de pesquisas apoiadas pela Fapesp.

Este mês, a página inicial da BV-Fapesp ganhou novo layout, que apresenta os auxílios, bolsas, programas de pesquisa apoiados pela entidade agrupados por categoria – como “Programas Voltados a Temas Específicos”; “Programas de Pesquisa Direcionados à Aplicação (“empresas e governo” e “Programas de Infraestrutura de Pesquisa”) -, além dos acordos e convênios de cooperação com instituições públicas e privadas nacionais e estrangeiras.

A BV também passou a disponibilizar mapas com a distribuição de fomentos para cada uma das linhas de apoio à pesquisa .da Fapesp por município no Estado de São Paulo.

Ao clicar no mapa da distribuição de auxílios regulares à pesquisa, por exemplo, o visitante visualiza quais os municípios paulistas que contam com projetos apoiados pela Fapesp. Ao clicar em um determinado município, abre a lista de todos os projetos no local, divididos por área do conhecimento, situação – se está concluído ou em andamento-e por período.

Por meio do novo recurso, o usuário da BV-Fapesp localiza as regiões no Estado de São Paulo que apresentam maior número de projetos em determinadas áreas. Entre elas está a de Bioenergia, cujas pesquisas estão mais concentradas em universidades e instituições de pesquisa sediadas em municípios da região de Campinas.

“Os mapas de distribuição de fomento por município devem contribuir para os usuários identificarem mais facilmente oportunidades de colaboração científica com outros pesquisadores e instituições de pesquisa no Estado de São Paulo que realizam estudos em suas áreas”, explicou Rosaly Krzyzanowski, coordenadora BV- Fapesp .

AGÊNCIAS