Notícia

Correio Popular

Biblioteca digital tem mais de 5 mil teses digitalizadas

Publicado em 17 julho 2005

Saber

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) conseguiu esta semana um feito importante para a divulgação do conhecimento científico e tecnológico no Brasil. A Biblioteca Digital da instituição ultrapassou a marca das 5 mil teses digitalizadas, consagrando-se como um dos maiores acervos digitais do país.
O objetivo de difundir a produção intelectual e científica da Unicamp com precisão e rapidez está cada vez mais presente. Atualmente, estão disponíveis no banco 2.973 dissertações de mestrado e 2.038 teses de doutorado. O público tem sido ávido pelas valiosas informações: desde a inauguração, em 2003, já foram baixados pela internet 527.574 arquivos.
 "Mais de 23 mil teses já foram defendidas até hoje por alunos da Unicamp. E quase 23% dessas pesquisas estão disponíveis gratuitamente e na íntegra pela internet. A nossa meta é chegar a 7 mil teses até o final do ano", disse Luiz Atílio Vicentini, coordenador do Sistema de Bibliotecas da Unicamp.
Segundo as estatísticas da biblioteca, já ocorreram 222.215 downloads na área de Humanidades, 144.720 em Exatas, 94.480 em Tecnológicas e 66.159 na área de Biomédicas. O estudo mais acessado foi uma dissertação de mestrado apresentada na Faculdade de Educação (FE), que já recebeu 10.241 visitas e 3.336 downloads. O estudo (In)disciplina na escola: cenas da complexidade de um cotidiano escolar é de autoria de Cândida Maria Santos Daltro Alves.

Agência Fapesp