Notícia

Correio Popular

Biblioteca ambulante vai percorrer 40 bairros carentes

Publicado em 17 janeiro 2003

Por Eduardo Caruso - Da Agência Anhanguera - caruso@rac.com.br
Dois ônibus-biblioteca que percorrerão cerca de 40 bairros carentes de Campinas, a partir do dia primeiro de março, foram entregues ontem, no Paço Municipal, pela Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) à prefeita Izalene Tiene (PT). Os veículos fazem parte do projeto Leitura em Movimento, no qual a comunidade terá acesso gratuito a mais de 6 mil títulos de livros (3 mil em cada ônibus) para todas as faixas etárias. As comunidades beneficiadas foram escolhidas por meio de pesquisas realizadas nos locais que receberão o serviço. Os bairros atendidos por essa iniciativa estão localizados onde há difícil acesso às quatros bibliotecas públicas existentes no município e onde não há escolas municipais. Foram ouvidas cerca de 880 pessoas - 22 de cada bairro beneficiado - para identificar as principais prioridades de leituras dos moradores. O projeto partiu de uma pesquisa universitária coordenada pela professora Else Valio e executada por seis bolsistas recém-formados nos cursos de Biblioteconomia e Letras da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), que acompanharão a iniciativa até julho, quando será assumida integralmente pela Prefeitura. A adaptação dos ônibus, a compra dos 6 mil livros - que incluem desde publicações informativas sobre saúde até gibis infantis -, e a bolsa dos seis acadêmicos que participam do projeto foi financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A entidade investiu cerca de R$ 130 mil no projeto. A Prefeitura de Campinas entrará com o pagamento do salário dos motoristas, combustível e manutenção dos veículos. Além disso, a Transurc cedeu os dois ônibus e a oficina para que fosse realizada a adaptação. Os ônibus tiveram os bancos retirados e foram instaladas estantes e arquivos para acomodar os livros e as fichas de inscrição dos moradores. Qualquer pessoa poderá utilizar o serviço, seguindo as regras em vigor nas bibliotecas públicas da Prefeitura. Também foi colocado um toldo que abrigará cadeiras e mesas a serem utilizadas pela população. Durante a cerimônia de entrega, a professora Else, destacou a importância da atuação das universidades e iniciativa privada em parceria com a política social do Poder Público. "Estamos executando o objetivo da universidade de pesquisa e extensão. Temos que oferecer serviço à comunidade". Durante a entrega dos ônibus, a prefeita Izalene Tiene alertou aos idealizadores do projeto que sejam implantadas rampas para o acesso dos deficientes físicos. A cada quinze dias, uma das 40 comunidades receberão a visita do ônibus-biblioteca. Os horários e datas agendadas para atender cada local será previamente marcado. O funcionamento da biblioteca itinerante será de quarta-feira a domingo, em dois períodos por dia. Na parte da manhã, o horário será das 9h às 12h, enquanto no período da tarde, a comunidade terá o período entre as 13h e às 19h para realizar as suas leituras e retirar um livro. A cada 15 dias, os inscritos no projeto terão que devolver os livros. Os interessados em saber se o seu bairro está incluso no projeto deverão entrar em contato pelo telefone (19) 3735-0423.