Notícia

Jornal da Orla online

Base oceanográfica no armazém 8

Publicado em 03 dezembro 2010

A Universidade de São Paulo (USP) confirmou, dia 19, a instalação de uma base de seu Instituto Oceanográfico, no armazém 8 do porto, integrando o projeto Porto Valongo Santos, de revitalização da área histórica do cais de Santos.

O reitor da Universidade, João Grandino Rodas, esteve em Santos para conhecer o armazém, dos primeiros a ser instalados no primeiro trecho do cais de concreto, em 1892.

De acordo com o reitor, o local é muito adequado aos objetivos da USP e em pouco tempo o projeto será concretizado. Grandino Rodas disse ainda que a ideia é trabalhar com outras universidades, inclusive as locais, que se beneficiarão também das facilidades para pesquisas.

Em companhia do prefeito João Paulo Papa e do presidente da Codesp, José Roberto Serra, o reitor visitou o navio Professor W. Besnard, que será aposentado e fará parte do acervo do Museu Marítimo de Santos, que também integra o projeto de revitalização da área.

O "Besnard", hoje sob o comando de José Helvécio Moraes de Rezende, foi o primeiro navio brasileiro civil a pesquisar as águas geladas da Antártida, ajudando a assegurar a participação brasileira no Tratado Internacional sobre o Continente Gelado.

Ele será substituído pelo navio "Moana Wave", segundo o diretor do Instituto Oceanográfico, Michel Michaelovitch de Mahiques. A compra de um navio de pesquisa permanente para a base de Santos está prevista no mesmo pacote. Os recursos serão do Fundo [da Fundação] de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Ao lado do armazém 8, na chamada Casa de Pedra, ficará a Base do Corpo de Bombeiros.