Notícia

Rede Lajeado

Barcarolla lança “Fundamentos da teoria política de Rousseau”, de Rolf Kuntz

Publicado em 24 setembro 2012

Originalmente apresentada pelo autor como dissertação de mestrado na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), obra chega às prateleiras em coedição da Editora Barcarolla com a FAPESP.

No livro Fundamentos da teoria política de Rousseau (Editora Barcarolla/ FAPESP, 136 pp. R$ 28,00), o professor e jornalista Rolf Kuntz procura mostrar que, na elaboração da teoria política do pensador suíço Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), a experiência assume um papel determinante. No texto, escrito originalmente em 1970 como a dissertação de mestrado de Kuntz, a obra do pensador é passada em revista, com especial atenção para o Discurso sobre a origem da desigualdade, o Ensaio sobre a origem das línguas, o Emílio e o Contrato social.

Sabe-se hoje que temas como a formação e o funcionamento das sociedades, ou o poder e as condições de seu exercício, são passíveis de um tratamento teórico. A expressão “Ciência Política” não é, então, descabida. Porém, no século 18, não fazia sentido desconsiderar a experiência tal como concebida pela História e pela Etnografia, à maneira dos trabalhos científicos da época. A observação empírica, isto é, baseada em experiências reais, era fundamental em obras como, por exemplo, a História natural de Buffon ou o Tratado das sensações de Étienne de Condillac, ambos franceses. Daí a pergunta: e quanto à Política?

Diante da impossibilidade de recorrer, no campo social, a ensaios controlados “em laboratório”, como se fazia em relação às ciências da natureza, Rousseau procura conciliar o aspecto abstrato de seus objetos de estudo ao compromisso que assumia com a realidade.

Se por um lado ele descrevia um Estado ideal do ponto de vista do direito político, por outro jamais deixava de lado considerações prosaicas, factuais mesmo, sobre as causas da corrupção nas sociedades existentes. A solução que Rousseau apresenta consiste numa teoria política calcada naquilo que hoje se denomina “modelo”, procedendo do mesmo modo como na mecânica clássica da modernidade ou na teoria econômica dos dias de hoje.

O leitor encontrará em Fundamentos da teoria política de Rousseau não apenas cuidadosa exposição e análise arguta, mas também o estilo de produção acadêmica que marcou época no Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP).

Sobre o autor

Rolf Kuntz é jornalista e professor livre-docente no Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), além de atuar como colunista de Economia no jornal O Estado de S. Paulo.