Notícia

Inpe

Banca da NASA aprova missão de cubesat do INPE e ITA

Publicado em 05 setembro 2019

Uma banca de especialistas dos Estados Unidos autorizou a continuidade da missão SPORT (Scintilation Prediction Observations Research Task), executada no Brasil em parceria pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A revisão crítica do projeto (CDR) aconteceu entre os dias 19 e 23 de agosto no Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE, em São José dos Campos (SP).

Resultado do acordo firmado com a NASA pela Agência Espacial Brasileira (AEB), o SPORT é uma missão científica para investigação de possíveis causas na ionosfera para o surgimento de bolhas ionosféricas, responsáveis por falhas de comunicação aeroespaciais, inclusive no uso dos sistemas de localização GNSS.

Satélite padrão cubesat do tipo 6U (6 litros de volume), a plataforma do SPORT será feita pelo ITA e levará a bordo cinco equipamentos desenvolvidos em universidades dos Estados Unidos. A integração e testes do cubesat serão feitos no LIT/INPE.

O INPE é também responsável pela operação do satélite através da sua infraestrutura e rede de solo em Cachoeira Paulista, São José dos Campos (SP) e centros regionais em Natal (RN) e Santa Maria (RS). Os dados científicos serão armazenados pelo EMBRACE, o Programa de Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (Embrace) do INPE, que fará também a sua distribuição pública.

A banca avaliadora do CDR foi constituída por profissionais do Marshall Space Flight Center, da NASA, responsável pelo gerenciamento da missão, que aprovaram o projeto definido até aqui e autorizaram a sua conclusão.

O SPORT é um projeto que conta com recursos obtidos através de um projeto temático da FAPESP apresentado pelo ITA, para o desenvolvimento da plataforma do cubesat. Para as cargas úteis e lançamento, de recursos da NASA, obtidos através de uma proposta conjunta (INPE/ITA/NASA) apresentada e aceita em edital da agência espacial norte-americana.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Agenparl (Itália)