Notícia

A Crítica (AM)

BALAIO

Publicado em 27 julho 2003

A identidade do "Tijolo" - aquele caboclo de chinelo que informou tudo sobre uma funerária ao secretário do Ministério da Cultura, Márcio Meira - foi revelada a tempo pela arquiteta Ana Lúcia Abrahim. Ele é, na verdade, o professor Carlos Augusto da Silva, formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Amazonas, e braço direito do arqueólogo Eduardo Góes Neves, da USP, no Projeto Amazônia Central desde 1995, em Iranduba, financiado pela Fapesp. Fera!