Notícia

TV Cultura

Bahia recruta voluntários para vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford

Publicado em 10 julho 2020

Com a alta circulação do vírus, Salvador começou a recrutar voluntários para vacina contra covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Além da Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro também testam a vacina. No total, Brasil deve contribuir com 5 mil voluntários para os estudos britânicos.

Vídeo de reportagem do Jornal da Cultura, da TV Cultura, sobre a busca por uma vacina contra a COVID-19 em diversas partes do mundo. Duas das candidatas que estão no estágio mais avançado de desenvolvimento – conhecido como ensaio clínico de fase 3, cujo objetivo é avaliar a eficácia da vacina em um grande grupo de voluntários – começam a ser aplicadas experimentalmente no Brasil. Uma delas, a ChAdOx1 nCoV-19, foi desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, e licenciada para o laboratório AstraZeneca. A outra, nomeada Coronavac, é fruto do trabalho feito pela empresa chinesa Sinovac Biotech, que firmou um acordo com o Instituto Butantan. A matéria entrevista Pedro Folegatti, infectologista, investigador dos ensaios clínicos de vacina contra COVID-19 da Universidade de Oxford, participante do seminário on-line “As vacinas contra a COVID-19 em teste no Brasil”, realizado pela Agência FAPESP e pelo Canal Butantan. Também traz fala de Luciana Cezar Cerqueira Leite, pesquisadora do Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas do Instituto Butantan e apoiada pela Fundação por meio de Auxílio à Pesquisa - Projeto Temático