Notícia

A Tribuna (Santos, SP)

Bactéria come petróleo

Publicado em 21 agosto 2006

Agência FAPESP

Um grupo de cientistas alemães, espanhóis e italianos conseguiu desvendar o genoma da bactéria Alcanivorax Borkumensis, que sobrevive única e exclusivamente graças à ingestão do petróleo bruto, liberado naturalmente das rochas nos fundos dos oceanos. O genoma agora decifrado poderá ter várias utilidades. Uma delas é entender, em um aspecto mais geral, como as bactérias sobrevivem. 'Em alguns casos, descobertas nesse campo podem até ajudar no controle das infecções microbianas", explica Peter Golyshin, coordenador da pesquisa. Além disso, no futuro, com base na bioquímica das bactérias, métodos eficientes de descontaminação ambiental, voltados para os vazamentos de petróleo no mar, poderão ser desenvolvidos.