Notícia

O Estado de S. Paulo

Avanço científico, atraso tecnológico

Publicado em 14 agosto 2001

Na Coréia do Sul, mais da metade dos cientistas e engenheiros de pesquisa trabalha em empresas. No Brasil, a proporção é de apenas 1 em cada 10. Talvez mais do que os outros números reveladores que constam da reportagem Faltam investimentos privados em pesquisa, publicada domingo no Estado, essa comparação focaliza o ponto nevrálgico da grande inferioridade brasileira no campo do desenvolvimento científico-tecnológico. De um lado, é inegável o avanço ocorrido. O Brasil forma hoje 5 mil doutores por ano, tanto quanto o Canadá, a [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.