Notícia

UOL

Autor de "Ronda", compositor e zoólogo Paulo Vanzolini morre aos 89 anos

Publicado em 29 abril 2013

O compositor e zoólogo Paulo Vanzolini, de 89 anos, morreu às 23h35 do domingo (28), informou a assessoria do Hospital Israelita Albert Einsten, em São Paulo. A causa da morte não foi divulgada.

Paulo Emílio Vanzolini estava internado desde quinta-feira (25), no dia em que completou 89 anos, com pneumonia extensa, segundo os médicos Maurício Wajngarten e Miguel Cendoroglo Neto, que assinaram o último boletim médico pela manhã de domingo.

O velório e o enterro serão fechados para a família e os locais não foram divulgados.

Autor de sambas consagrados, como "Volta por cima", "Samba Erudito" e Ronda", Vanzolini foi interpretado por grandes nomes da MPB, como Chico Buarque, Maria Bethânia, Paulinho da Viola e Inezita Barroso.

Sua última aparição foi no Teatro Oficina, em São Paulo, em março, em evento para levantar fundos à Casa de Francisca.

Uma vida dividida em duas paixões

Nascido em 1924 no Jardim Paulistano, na zona oeste de São Paulo, Paulo Vanzolini foi autor de canções clássicas, mas sua ocupação era como zoólogo especializado em répteis e anfíbios.

Formado em medicina, Paulo chegou a ser diretor do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo e foi responsável por criar a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Com doutorado em Harvard, onde Paulo estudou e conviveu com lendas da biologia como o evolucionista Ernst Meyer, o compositor também teve seu nome em 15 espécies de répteis ou anfíbios que pesquisou e descreveu.

Sua história na música e na zoologia rendeu o documentário "Um Homem de Moral", do cineasta Ricardo Dias, em 2009.

Do UOL, em São Paulo