Notícia

Agência C&T (MCTI)

Aumento na produtividade

Publicado em 30 junho 2008

O ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Machado Rezende, anunciou o aumento na quantidade de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e recursos financeiros para as ações do Programa de Apoio aos Núcleos de Excelência (Pronex).

Segundo o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), serão implementadas cerca de 17 mil bolsas de produtividade do órgão federal em 2010, com aumentos de 20% ao ano nos próximos três anos.

Em 2007 foram concedidas 10 mil dessas bolsas. Este ano, serão 12 mil, incluindo 500 bolsas novas para serem implementadas a partir de julho, para pesquisadores que tiveram mérito reconhecido no último julgamento, mas não puderam ser atendidos.

O CNPq concederá ainda 1,5 mil novas bolsas para julgamento no segundo semestre, que serão oferecidas a partir de março de 2009. Mais 2,4 mil bolsas estão previstas para 2009, com o objetivo de alcançar 17 mil em 2010.

Como houve expansão significativa do número de bolsas para o próximo julgamento, o edital será reaberto para dar oportunidade à inscrição de novos candidatos.

Para o Pronex, o ministro anunciou a intensificação das parcerias com as fundações de amparo à pesquisa, prevendo uma ampliação de recursos que poderá chegar aos R$ 170 milhões, com cerca de R$ 120 milhões do CNPq e do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), além das respectivas contrapartidas dos estados.

Outras medidas do Plano de Aperfeiçoamento do Sistema de Fomento do MCT serão anunciadas em breve, após a conclusão de negociações mais específicas com outros parceiros. “Estamos criando condições para um salto de qualidade em ciência, tecnologia e inovação, após a fase de transição iniciada com os fundos setoriais. Planejamos um sistema reorganizado em bases diferentes”, disse Rezende.

Agência Fapesp