Notícia

Inteligemcia

Associada ao Cietec, empresa se consolida no mercado nacional de adesivos e selantes

Publicado em 03 setembro 2012

Adespec participará da Expocietec, que será realizada pela FecomercioSP e Cietec nos dias 15 e 16 de outubro. Encontro promoverá o desenvolvimento do setor e a aproximação entre empresas e iniciativas inovadoras

Wang Shu Chen, engenheira química formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro com mais de 28 anos de profissão, decidiu abandonar a carreira consolidada em grandes companhias como Petrobras e Souza Cruz para abrir sua própria empresa: a Adespec, que desenvolve adesivos, selantes e revestimentos com fórmulas livres de substâncias nocivas à saúde do ser humano e ao meio ambiente. "O que catalisou a criação da Adespec foi o fato que, no período em que eu trabalhava em uma indústria nacional de adesivos, ter sido exposta a solventes que prejudicaram minha saúde", explica Wang.

Incubada no Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec), na Universidade de São Paulo (USP), com recursos essencialmente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a Adespec iniciou suas atividades em 2001. Os primeiros anos do negócio foram dedicados exclusivamente à atividade de pesquisa e desenvolvimento, para que depois a marca centralizasse nas duas tecnologias que são base de uma vasta linha de produtos voltada para os setores industrial, construção e consumo doméstico: base água e pesilox.

Os adesivos feitos a partir de solventes - como cola de sapateiro, por exemplo - liberam substâncias voláteis extremamente tóxicas, inflamáveis e explosivas, prejudiciais tanto à saúde humana como à natureza. O dano é tão considerável que países europeus legislaram no sentido de restringir ou mesmo proibir a utilização de adesivos à base de solvente, e alguns órgão nacionais, como a Anvisa, já iniciaram processos para criar normas semelhantes. "Os produtos à base de água da Adespec anulam os prejuízos às pessoas e ao ambiente, colando diversos substratos, como madeira, couro, plástico, borracha, cerâmicas, metais, vidros, isopor, entre outros, além de registrar melhor desempenho do que adesivos que têm substâncias tóxicas em sua formulação", cita Wang. Já os poliésteres siloxanos (pesilox) compõem a fórmula de adesivos e selantes da Adespec. São isentos de solventes e isocianatos, quimicamente neutros e totalmente elásticos, com alta resistência a impactos, vibrações, intempéries e aos desgastes provocados pelo alto tráfego.

As principais vantagens dos produtos, segundo Wang, são a alta capacidade de adesão e vedação, secagem rápida, adesão em área úmida, não-agressão do substrato, facilidade no acabamento, não-retração e a ausência de qualquer odor. "Esses atributos, quando explorados comercialmente, geram diferenciais competitivos para a Adespec", explica a CEO da companhia.

Atualmente alocada com fábrica em Taboão da Serra, a Adespec é a única empresa nacional com a linha completa de colas e selantes com selo Sustentax de sustentabilidade desde 2008 - a mais importante certificação para a construção de prédios verdes (os "green buildings") com base no critério LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), idealizado pelo U.S. Green Building Council. Além disso, o resultado da consolidação da companhia como fornecedora de adesivos e selantes junto a parceiros que busquem um diferencial no alto desempenho e na sustentabilidade é um crescimento no valor do patrimônio intelectual e financeiro da empresa em bases não inferiores a 30% ao ano.

Porém, segundo Wang, mais importante que os produtos já desenvolvidos, nacional e internacionalmente reconhecidos, é a capacidade de pesquisa e desenvolvimento da empresa. O conceito basicamente é sintetizado na ausência de impedimentos para novas descobertas ou alterações e customizações na formulação das linhas já existentes. "Isso é importante, porque clientes industriais geralmente exigem pequenas mudanças no produto, como viscosidade, cor, tempo de tack, entre outros, para que ele seja compatível com seus atuais processos produtivos", finaliza.

Expocietec 2012 em outubro

A inovação e o empreendedorismo estão em alta no Brasil. Parte da sociedade começou a perceber que a consolidação do crescimento do País está atrelada ao desenvolvimento de produtos e serviços com valor agregado, com marcas, patentes, tecnologias e processos nacionais. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) em parceria com o Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec), realizam no dias 15 e 16 de outubro a Expocietec 2012, na sede da FecomercioSP.

O objetivo do encontro é desenvolver o ambiente de negócios para Micro e Pequenas Empresas de base tecnológica e ressaltar a importância dessas iniciativas inovadoras. Para isso, o evento vai contar com a participação de empresas ligadas aos setores de meio ambiente, medicina e saúde, eletroeletrônicos, química, tecnologia da informação e biotecnologia, além de incubadoras e parques tecnológicos de São Paulo e do Brasil.

A programação do evento contará com uma Rodada de Negócios, onde os empreendedores participantes da Expocietec 2012 apresentarão seus produtos e serviços para potenciais clientes, em SeedForum, com foco em investidores e a Conferência, cujo tema central é "O Mapa da Inovação na Micro e Pequena Empresa".

Mais informações, acesse: www.expocietec.com.br.

Serviço

Expocietec 2012

Data: 15 e 16 de outubro de 2012

Horário: das 12h às 20h

Local: FecomercioSP

Endereço: Rua Doutor Plínio Barreto, 285, 3º andar, Bela Vista - São Paulo

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Responsável por administrar, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes e congrega 153 sindicatos patronais que respondem por 11% do PIB paulista - cerca de 4% do PIB brasileiro - gerando em torno de cinco milhões de empregos.

Mais informações:

Assessoria de Imprensa FecomercioSP

Clarisse Ferreira - cferreira@fecomercio.com.br

(11) 3254-1713

Maria Augusta Vitelli - mavitelli@fecomercio.com.br

(11) 3254-1714

Raphael Ferrari - imprensa@fecomercio.com.br

(11) 3251-3113

Thiago Dias - imprensa@fecomercio.com.br

(11) 3251-3113

Diretor de Comunicação Integrada

Jander Ramon - imprensa@fecomercio.com.br

(11) 3251-3113