Notícia

RedePRESS

Assembleia Legislativa recebe alunos da rede pública

Publicado em 12 novembro 2015

Nesta semana foram conhecidos os ganhadores da 27ª edição do Concurso de Pintura e Desenho da Wizo SP, uma entidade que atua nas área da beneficência e educação. O projeto está voltado para os alunos do ensino médio e fundamental da rede pública estadual. O tema deste ano foi “Brasil-Israel: Tecnologia no Século 21”.

A premiação aconteceu no auditório da Assembleia Legislativa de SP e contou com a presença do presidente da FAPESP e membro da Academia Brasileira de Letras, José Goldemberg, o presidente do Conselho Estadual Parlamentar de Comunidades de Raízes e Culturas Estrangeiras, Sergio Serber, da subsecretária de articulação regional da Secretaria de Educação do Estado, Raquel Volpato Serbino, do gerente de Eventos e Marketing do Bradesco, Valmir Macedo, do vice-consul do Estado de Israel em São Paulo, Fares Saeb, e das presidentes de honra da WIZO SP, Iza Mansur e Sulamita Tabacof.

O grande vencedor de 2015 foi Hendio Gabriel Ribeiro Cavalcanti, de 16 anos, da Escola Estadual Calhim Manoel Abud, situada na Vila Califórnia, em São Paulo. Acompanhado da professora Cristiane Marques Barbo, o aluno recebeu o prêmio das mãos de José Goldemberg. Hendio irá visitar a capital do Brasil juntamente com a professora que orientou o trabalho e serão recebidos pelo embaixador de Israel no Brasil.

Este ano o concurso premiou três alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos), uma nova categoria criada em função da grande participação de alunos dessas classes. Por serem presidiários, os vencedores do EJA foram representados por suas professoras, que orientaram os trabalhos.

A participação de alunos, pais, professores e diretores das escolas premiadas transformou o ambiente do Auditório Franco Montoro em um ambiente festivo e de grande comemoração.

Sobre o concurso

O Concurso Wizo de Pintura e Desenho Brasil-Israel conta com o apoio da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, da Embaixada de Israel, do Conscre, da Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria e tem o patrocínio do Banco Bradesco. Desde a realização da primeira edição, foram recebidos cerca de 22 mil trabalhos, número que revela o interesse que essa iniciativa desperta junto às escolas participantes. Este ano, o número de trabalhos ultrapassou os 600 e vindos de localidades distantes 600, 700 km da Capital.