Notícia

Rio Oportunidades de Negócios

As tendências de comportamento e consumo dos brasileiros para 2021

Publicado em 23 novembro 2020

Desejos e atitudes adicionados na plataforma da startup 7waves mostram que o brasileiro buscará por segurança no próximo ano

Rodolfo Ribeiro, CEO e fundador da startup localizada em Piracicaba (SP), 7 waves, aponta que, entre as principais tendências de comportamento e desejos dos brasileiros, para o próximo ano, estão: a busca por transporte individual, aglomeração social, como organizar festas, e segurança tanto profissional quanto financeira.

Os dados foram obtidos através do uso da plataforma da startup, com os desejos adicionados por 25.000 pessoas para 2021, até outubro de 2020.

A startup que auxilia em descobrir, planejar e conquistar objetivos de vida está presente em 3.677 municípios brasileiros, e em 118 países, com mais de 260 mil usuários cadastrados e 2,2 milhões de objetivos em execução, segundo o empreendedor.

O projeto de pesquisa científica da startup é apoiado pela FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e utiliza inteligência artificial, ciência de dados e comportamento humano.

“As expectativas que as pessoas pretendem cumprir para 2021 são diferentes do que foi pensado em 2020, mesmo durante a pandemia”, disse o CEO da 7waves no Whow! Festival de Inovação 2020. A empresa foi fundada em 2017 e que já recebeu R$1,2 milhão em investimentos.

6 áreas de tendências de comportamento do brasileiro

Social

No âmbito Social, em primeiro aparece fazer novas amizades, depois organizar festa de aniversário e, em terceiro, ser voluntário. “Aqui há uma oportunidade de negócios que promovam relações sociais e tudo que desdobrar para estas atividades. E existe uma cadeia de produtos e serviços que pode se beneficiar”, descreve Rodolfo.

Saúde e Bem-estar

A categoria Saúde e Bem-estar tem como destaques: 1º fazer atividade física, 2º emagrecer e 3º ter alimentação saudável. “Esta área sempre tem uma massa grande de desejos. Na pandemia muitas soluções online ofereceram atividades dentro de casa e o cuidado com a saúde física. E em média as pessoas queriam ter perdido seis kilos”, aponta.

Bens

Já no quesito Bens a comprar de um carro está em primeiro lugar, seguido pelo compra de uma casa e depois a quitação de dívidas. Rodolfo observa uma tendência de procrastinação dos brasileiros ao quererem realizar a compra de um novo bem, uma vez que estamos perto do final de 2020. “Mas já vemos a postergação de muitos desejos para 2021 e aqui há uma oportunidade importante. Comprar casa ficava em 19º lugar, e agora com as pessoas ficando mais em casa, elas ficam mais incomodadas e a necessidade de segurança emerge”, explica.

Carreira No âmbito profissional ter o próprio negócio aparece em primeiro lugar com o termo “empreender”. Na sequência está conseguir uma promoção e em terceiro lugar prestar um concurso público. “Muitas pessoas foram acometidas pelo desemprego. Por isso, elas estão buscando formas de subsistência e até de complementar a renda, através do empreendedorismo. E as pessoas buscam mais estabilidade e, por ventura, no trabalho público podem buscar isso”, comenta

Lazer

Nesta categoria, viajar apareceu em primeiro lugar, porém com foco em deslocamentos de curtos períodos e de forma internos no Brasil. Em segundo lugar está assistir série e filmes e na sequência Ir à um show musical.

Estudos

Aprender inglês é o campeão nos desejos dos brasileiros para 2021 na área de novos conhecimentos. A categoria ainda vem acompanhada por fazer uma graduação, em segundo lugar, e curso de especialização, em terceiro. “Aprender inglês é sempre um dos objetivos mais procrastinados. E as faculdades devem ter uma demanda interessante, segundo os nossos dados”, diz Rodolfo.

Em resumo, o empreendedor aponta para três macro tendências de comportamento dos brasileiros para o próximo ano: “As pessoas estão muito preocupadas com o transporte individual. Sete em cada dez brasileiros têm objetivos relacionados a bens. E os objetivos aglomerativos aparecem com força para 2021. Também as pessoas vão buscar segurança e estabilidade para que novas situações de dificuldade não as peguem.”

Fonte: Whow Autor: por Eric Visintainer Publicado em: 18 de novembro de 2020