Notícia

O Estado de S. Paulo

As noites de quarta-feira

Publicado em 20 agosto 2001

Por uma série de motivos técnicos, industriais e pessoais, costumo escrever as crônicas desta coluna na noite de quarta-feira. Ou, para ser mais preciso, começo na noite de quarta e termino logo cedo na manhã de quinta. Semana passada não foi diferente. Saí da National Geographic, onde trabalho, um pouco mais cedo, jantei rapidamente e sentei à máquina pronto para escrever sobre um de três assuntos que já estavam na minha cabeça Eu poderia escrever a crônica na redação da revista, já fiz isso, mas a verdade é que escrever me [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.