Notícia

O Estado de S. Paulo

Áreas de ponta sofrem falta de pesquisadores

Publicado em 02 novembro 2008

Por Herton Escobar
Outro gargalo competitivo que começa a se formar com o aumento dos recursos para ciência e tecnologia no Brasil é a falta de cientistas qualificados em algumas áreas estratégicas de pesquisa para o País, como mudanças climáticas, bioenergia e biodiversidade. À medida que cresceu a economia do País nos últimos anos, cresceu também a demanda por novos conhecimentos e novas tecnologias em todos os setores. "Mesmo 10 mil doutores por ano é pouco para tudo o que a gente quer fazer", diz o biólogo molecular Marcos Buckeridge, da USP, [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.