Notícia

Estadão.com

Aranhas recém-achadas são contrabandeadas na web

Publicado em 12 outubro 2009

Pesquisadores do Instituto Butantã publicaram no mês passado um artigo que descreve três aranhas caranguejeiras da Mata Atlântica - duas novas espécies e uma velha conhecida, sumida há décadas e reencontrada recentemente. Antes mesmo de serem catalogadas pelos cientistas, pelo menos duas delas já foram contrabandeadas e vendidas em pet shops virtuais na Europa. O crime motivou os pesquisadores a acrescentar um anexo pouco usual ao trabalho divulgado na revista científica ZooTaxa: um apêndice com fotos e informações para [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.