Notícia

Estadão.com

Aranhas em casas preocupam pesquisadores em Minas

Publicado em 04 maio 2005

Aranhas marrons, do gênero Loxosceles, voltaram a aparecer em casas em Belo Horizonte, algo que não ocorria há pelo menos 88 anos. Donas de um veneno poderoso que pode até matar um ser humano em casos bastante específicos, elas faziam parte de um sistema em equilíbrio, vivendo em grutas ao redor da cidade.Os primeiros casos ocorreram em 2003, em bairros, chamando a atenção de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Eles acreditam que a mudança se deve ao desmatamento em torno da capital mineira."As aranhas foram [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.