Notícia

Panorama da Aquicultura online

Aquicultura brasileira de luto pela morte do professor Castagnolli

Publicado em 07 agosto 2017

A revista Panorama da AQÜICULTURA registra, com profundo pesar, o falecimento do professor Newton Castagnolli, ocorrido em Jaboticabal-SP, no domingo dia 24 de novembro de 2013, aos 73 anos. A homenagem de despedida foi realizada no velório Municipal de Jaboticabal (SP), cidade onde morava e foi sepultado. Professor Newton era graduado em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz desde 1964. Em 1973 tornou-se doutor em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Dentre suas diversas atuações profissionais Castagnolli foi diretor do Instituto de Pesca de São Paulo entre 1980 a 1983, destacando-se como grande incentivador das pesquisas científicas. O “professor”, como era carinhosamente chamado, foi também membro do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Sua personalidade serena e suas inúmeras atribuições científicas o fizeram um líder na aquicultura brasileira, onde durante toda a sua vida profissional emprestou experiência na área de zootecnia, destacando-se em diferentes áreas da piscicultura, principalmente na produção de tilápias, sempre contribuindo de forma exemplar para o desenvolvimento da tilapicultura no Brasil.

Newton Castagnolli foi também fundador do Centro de Aquicultura da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (CAUNESP), onde desenvolveu muitos trabalhos de pesquisa, publicou livros e vasto material de extensão. Newton Castagnolli por inúmeras vezes orientou programas de pós-graduação do Departamento de Zootecnia da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), campus de Jaboticabal (SP), onde era professor emérito e ex-chefe desse departamento.

Seus conhecimentos científicos contribuíram para o enriquecimento de diversos capítulos de livros, resumos e trabalhos publicados em anais de vários congressos nacionais e internacionais, lhe rendendo prêmios e títulos. Fundou ainda, a Castagnolli Aquicultura Ltda, empresa familiar onde exerceu o cargo de diretor no período de 1997 até 2007, ao lado de Marcelo, filho que herdou seu carinho e dedicação à produção aquícola.

Por sua inestimável perda, a Panorama da AQÜICULTURA se solidariza com a dor de todos os familiares, amigos e colegas do professor Castagnolli e se despede de um amigo e grande líder da aquicultura brasileira.

“O falecimento do grande mestre Newton Castagnolli nos deixou órfãos sem nosso ídolo maior da Aquicultura. Newton, que foi um pai e amigo, soube como ninguém agregar pessoas ao seu lado, terá seu merecido descanso”. Cristininha (Teresa Cristina Ribeiro Dias Koberstein)

“Esta é realmente uma grande perda. Poucas pessoas podem afirmar ter deixado sua marca na sociedade. O Castagnolli certamente foi uma delas”. Alexandre Alter Wainberg

“Uma grande perda para a aquicultura nacional, um professor que soube como poucos, repassar seus conhecimentos aos alunos.”. Dagvin Wachholz

“Que todo o seu trabalho em benefício da aquicultura continue por meio de todos os profissionais que o admiraram”. Juliana de Barros Valle

“Toda grande caminhada começa com os primeiros passos! E foram os primeiros passos, dos quais a grande maioria foi dada pelo prof. Newton Castagnolli que abriram para muitas outras pessoas a oportunidade para descobrirem e caminharem em direção ao mundo da aquicultura”. Sergio Tamassia

“Certa vez num encontro de Brycon em Pirassununga, no início dos anos 90, começamos a listar alguns nomes de ilustres pesquisadores e expoentes da aquicultura desde os tempos do Von Ihering. Depois de “meia duzia” de nomes, surgiu o nome do querido Prof. Dr. Newton Castagnolli e a partir dai, com raras exceções, todos os nomes que surgiam tinham alguma ligação com ele, foram alunos de graduação, orientados, trabalharam juntos com pesquisa, etc.. Dizíamos que todos éramos alevinos do Carpinha.” Paulo Fernando Colherinhas Novato

“Perdemos aquele que empunhava a nossa bandeira Aquícola de forma impecável, insubstituível. Sempre vibrante com boas iniciativas em prol da aquicultura, sempre presente apoiando. A aquicultura estava no seu sangue, é possível que ele gostasse da aquicultura mais que todos, tamanho era seu comprometimento e empenho pela atividade. Um guerreiro incansável e imbatível. O tenho também como um raro exemplo de postura, integridade, caráter e realização. Continuemos a batalhar pelo crescimento de uma aquicultura forte e sustentável, como ele tanto se empenhou”. Flavio Figueiredo

“O professor Castagnolli foi o transformador da aquicultura brasileira, de arte difusa em profissão concreta. Iniciando numa época em que criar peixes era lazer de sitiante no país (por falta de tecnologia), ele construiu a base acadêmica (CAUNESP) para gerar os profissionais e o conhecimento necessários a se transformar na indústria – em que o setor finalmente se tornou. Somos muito gratos ao Prof. Newton Castagnolli, pelas sementes que o senhor plantou em tantos de nós e na aquicultura brasileira!” Ricardo Y. Tsukamoto

“Ao Prof. Castagnolli devemos muito do pouco que temos hoje em termos de organização do setor. Tive o privilegio de conhecê-lo, compartilhar algumas alegrias e algumas ansiedades e serei eternamente grato por tudo o que aprendi com ele. Que descanse em paz o nosso grande mestre!” Francisco Leão

“Eu, como muitos, estudei em muitos livros dele. Recentemente tivemos a oportunidade de homenageá-lo como personagem da aquicultura, ocasião em que ele humildemente me perguntou se eu estava por trás da escolha dele, ao que eu o respondi: Professor, poderia ser qualquer pessoa que trabalhe com a aquicultura, já que todos lhe devem render esta homenagem”. Felipe Matias

“Todos nós que trabalhamos aqui na Universidade Federal de Sergipe com aquicultura gostaríamos de transmitir e demonstrar o nosso carinho e gratidão sincera por tudo o que o Prof. Newton construiu e nos deixou como herança valiosa e atemporal, que irá transitar no tempo sem pertencer ao passado, pois conhecimento não se perde, se transforma”. Juliana Schober

“Newton Castagnolli efetivamente foi professor de poucos, porém reconhecidos por todos que trabalham com aquicultura como PROFESSOR. O Doutor que respeitosamente sempre foi tratado como MESTRE. Estes dois aspectos dispensam relatos de quão grande foi sua contribuição com a Aquicultura Brasileira. Obrigado Castagnolli, muito obrigado!” Fábio Sussel

“O professor Castagnolli estimulou não apenas os alunos e colegas mais próximos. Com sua generosidade deu conselhos a diversos alunos que ele apenas encontrava em congressos, devido à distância. Dentre estes alunos eu me incluía e pude ouvir com atenção seus ensinamentos. Todos perdemos um grande mestre”. Manuel Vazquez Vidal Junior

“Sua atuação como professor, pesquisador e, sobretudo, dedicação e compromissos com desenvolvimento da aquicultura continuarão inspirando todos o que se empenham pelo aprimoramento e o fortalecimento deste Setor no Brasil . Criatividade era o seu ponto forte, chamava-o de “Professorl”, era curioso, persistente e objetivo”. Geraldo Bernardino