Notícia

Correio Popular online

Apuração na Unicamp avança madrugada

Publicado em 18 dezembro 2005

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) iniciou no final da noite de ontem, em primeiro turno, a apuração da eleição para a escolha do novo reitor da universidade. Após a conclusão, que deveria ocorrer na madrugada de hoje, a decisão sobre a nomeação ficará a cargo do governador Geraldo Alckmin (PSDB).
Alckmin receberá a lista tríplice contendo os nomes e a votação dos candidatos e dará a palavra final sobre o sucessor de Carlos Henrique de Brito Cruz. O governador pode referendar ou não a escolha das urnas. Tradicionalmente, o mais votado assume o posto.
A eleição ocorreu nos três campi da Unicamp — Campinas, Piracicaba e Limeira. Ao todo, 31 urnas foram colocadas à disposição dos eleitores. Os candidatos são Tadeu Jorge, atual vice-reitor, docente na Faculdade de Engenharia Agrícola; Celso Arruda, que pertence à Faculdade de Engenharia Mecânica; e Edson Moschim, da Faculdade de Engenharia Elétrica. Até as 23h42 de ontem, na apuração parcial, Tadeu Jorge era o mais votado, com 82,59%, contra 12,67% de Arruda e 4,74% de Moschim.
Todos os candidatos defenderam a aproximação da universidade com a Região Metropolitana de Campinas (RMC), por intermédio da ampliação dos cursos de extensão, nos serviços prestados na área de saúde e na formação dos professores.
O atual reitor, Carlos Henrique de Brito Cruz, renunciou ao mandato na Unicamp no ano passado, para assumir a diretoria científica da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo (Fapesp).