Notícia

Channel 360

App possibilita acesso gratuito a radares meteorológicos

Publicado em 18 julho 2019

Projeto premiado será exibido durante evento em Campo Grande, Mato Grosso do Sul

No próximo dia 25 de julho (quinta-feira), às 10h30, especialistas de diversas áreas da Ciência se reunirão para conhecer os detalhes do aplicativo que permite aos usuários de smartphones obter informações precisas sobre a ocorrências de chuvas extremas, projeto vencedor do Prêmio Péter Murányi 2019 – Ciência e Tecnologia. A apresentação acontecerá durante a 71ª Reunião Anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, em Campo Grande.

Iniciado em 2013, o projeto tinha o objetivo de diminuir a vulnerabilidade dos moradores da região de Campinas, interior de São Paulo, a eventos climáticos extremos, permitindo que a população local pudesse planejar ações que reduzissem os danos materiais. Posteriormente, a ferramenta ganhou alcance nacional.

Denominado “SOS Chuva”, o aplicativo está integrado a estações meteorológicas em todo o Brasil e fornece dados sobre o clima em tempo real, bem como o acesso a imagens de satélite. Os usuários do aplicativo podem, também, compartilhar as informações obtidas em diversas regiões, criando alertas de ocorrências como enchentes, que podem ser visualizadas por outras pessoas.

Segundo Luiz Augusto Machado, coordenador da ferramenta, a previsão imediata do clima é algo novo, mas que se faz cada vez mais necessária, sobretudo diante de mudanças tão repentinas. “É importante que a população tenha acesso a esses dados, para que possam tomar decisões corretas, por exemplo, em situações de chuvas intensas”, esclarece.

O projeto levou dois anos para ser concluído, e deu origem também a um sistema de previsão imediata, voltado a meteorologistas operacionais e que prevê a ocorrência de tempestades e eventos com raios.

O debate ocorrerá das 10h30 ao meio-dia, no anfiteatro da Fadir, em Campo Grande-MS. O evento é aberto ao público.

Sobre o Prêmio Péter Murányi

A premiação foi criada em 2002, com o objetivo de reconhecer trabalhos que atendam atrês critérios fundamentais: a inovação da proposta; a aplicabilidade prática; e como o trabalho impacta e beneficia a população. Realizado anualmente, alternando os temas “Alimentação”, “Educação”, “Saúde” e “Ciência & Tecnologia”, o vencedor recebe R$ 200 mil, o segundo e terceiro colocados ganham R$ 30 mil e R$ 20 mil, respectivamente. A próxima edição, sob o tema Alimentação, já está com inscrições abertas e os interessados podem se inscrever até 30 de agosto.

Além da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), a premiação conta também com o apoio das seguintes entidades: ABC (Academia Brasileira de Ciências), Aconbras (Associação dos Cônsules no Brasil); Aciesp (Academia de Ciências do Estado de São Paulo); Anpei (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras); Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior); CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola); CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico); e Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

SERVIÇO:

SOS Chuva: a importância de informar sobre eventos metrológicos em tempo real

Data: 25 de julho

Horário: das 10h30 às 12h

Conferencista: Luiz Augusto Toledo Machado (INPE)

Apresentador: André Fernando Ferreira (FPM)

Local: Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Anfiteatro da FADIR – Bloco 3

71ª Reunião Anual da SBPC

Data: 21 a 27 de julho

Informações e inscrições: http://ra.sbpcnet.org.br/campogrande/

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Jornal Preliminar Jornal Dia Dia