Notícia

Comércio do Jahu online

Aplicativo usa visão computacional para achar animais perdidos

Publicado em 24 novembro 2017

O Centro de Controle de Zoonoses da cidade de Vinhedo (224 km de Jaú) tem uma boa novidade. Os animais da cidade que participam das campanhas de vacinação estão passando por um novo censo e a identificação feita pelo aplicativo CrowdPet, desenvolvido pela SciPet, uma das empresas-filhas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O objetivo é manter um cadastro atualizado para o controle da população de animais perdidos e abandonados nas ruas por meio do aplicativo para smartphones. A tecnologia usa métodos de visão computacional e inteligência artificial na identificação de animais e está sendo desenvolvida com o apoio do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

“O aplicativo estabelece a correspondência entre as duas imagens por meio de métodos computacionais de reconhecimento visual e faz o rastreamento por geolocalização do local onde foi feita a foto do animal perdido”, esclarece Fabio Rogério Piva, CEO da empresa e doutor em ciência da computação pela Unicamp.

O CrowdPet foi concebido para cruzar duas fontes de dados: as fotos dos animais perdidos cadastradas por seus donos e fotos de animais avistados nas ruas por voluntários.

(Da redação)