Notícia

DCI

Aparelho nacional mede poluição a custo menor

Publicado em 24 setembro 2002

O primeiro equipamento nacional para medir a poluição atmosférica em tempo real começa a ser testado. Desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), o Lidar (Light Detection and Randing) custa um décimo do preço dos similares importados. O aparelho foi encomendado pela Secretaria do Meio Ambiente, que precisava de um equipamento similar ao fabricado pela alemã Elight, que custa cerca de US$ 1 milhão. O equipamento foi desenvolvido pelo Ipen por US$ 100 mil. Os recurso foram financiados em parte pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Segundo Eduardo Landulfo, chefe do Laboratório do Lidar do Ipen, o Brasil agora domina a tecnologia. A comercialização, segundo ele vai depender da demanda e interesse do mercado. Os coordenadores do projeto calculam que, se o equipamento for produzido em larga escala, será possível reduzir seu preço em até 20%.