Notícia

Revista da Semana

"Ao heroe dos mosquitos"

Publicado em 17 setembro 2007

Oswaldo Cruz virou herói ao atacar a febre amarela e bandido com a varíola


A luta contra os isentos é centenária e problemática no Brasil. O sanitarista Oswaldo Cruz (1872-1917) fez fama ao combater a febre amarela — também transmitida por mosquitos — no Rio, na virada do século 19 para o 20. O feito não impediu de ser atacado, em 1904, ao defender a vacina obrigatória contra a varíola, no episódio conhecido como Revolta da Vacina.

A capa da Revista da Semana de novembro de 1904 faz troça com o drama de Cruz, lembra a revista Pesquisa, da Fapesp. Diz a chamada de capa, ao exibir o médico e uma encarnação da morte, representando a varíola: "Ao heroe dos mosquitos. Para nada serve os teus recursos... enquanto matas mosquitos, eu vou ceifando vidas mais preciosas". A revolta levou o governo a decretar estado de sítio.