Notícia

Revista Amazônia

Antonio Candido é homenageado pela Unicamp com exposição de livros

Publicado em 26 junho 2017

Agência FAPESP – A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) homenageia o escritor, crítico literário, sociólogo e professor Antonio Candido com a exposição “Antonio Candido de Mello e Souza (1918-2017)”, que apresenta livros raros do acervo da Biblioteca Central César Lattes da universidade.

Segundo Maria Helena Segnorelli, diretora das Coleções Especiais e Obras Raras da biblioteca, são cerca de 4,3 mil livros que a biblioteca da Unicamp recebeu como doação em 1989, por ocasião do falecimento do pai de Antonio Candido, o reumatologista Aristides Candido de Mello e Souza.

Vinte e seis obras estão em destaque em nove expositores no terceiro andar das Coleções Especiais e Obras Raras.

A maior parte do acervo é sobre literatura francesa e brasileira. Algumas obras possuem grifos e anotações de Antonio Candido. Há também livros com dedicatórias de pensadores e escritores ilustres ao crítico literário, como Florestan Fernandes, Alfredo Bosi, Cassiano Ricardo e Guilherme Figueiredo.

A mostra pode ser visitada até 31 de agosto, das 9 às 17 horas, na área das Coleções Especiais e Obras Raras, no 3º piso da biblioteca.

Mais informações sobre a exposição: www.unicamp.br/unicamp/noticias/2017/06/19/antonio-candido-dialoga-com-outros-intelectuais-em-exposicao-na-unicamp.

Ensaísta e professor emérito da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e doutor honoris causa da Unicamp e da Universidade Federal de Pernambuco, Antonio Candido faleceu no dia 12 de maio de 2017, aos 98 anos. Leia mais em http://agencia.fapesp.br//25290.

Agência FAPESP