Notícia

Canaltech

Anti-inflamatórios podem acelerar recuperação da COVID-19, diz estudo

Publicado em 27 setembro 2020

Na busca por tratamentos eficazes e seguros contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), pesquisadores seguem investigando tanto medicações novas quanto outras já conhecidas pela comunidade médica. Entre elas, está a classe dos anti-inflamatórios que foram alvo de dois estudos clínicos independentes na pandemia da COVID-19 e demonstraram que diferentes substâncias que combatem a inflamação de tecidos podem ser eficazes em casos graves da doença.

Conforme o artigo publicado na revista Clinical Immunology, o primeiro estudo foi conduzido por pesquisadores do Centro de Terapia Celular (CTC), em Ribeirão Preto, com o anticorpo monoclonal eculizumabe. Já a segunda pesquisa clínica foi realizada por cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, com uma droga experimental chamada AMY-101. Em ambos os casos, foi observado um efeito anti-inflamatório importante, capaz de acelerar a recuperação de pacientes com COVID-19 em estado grave.

O anticorpo monoclonal do estudo brasileiro já é usado no tratamento de doenças hematológicas — que afetam a produção de componentes do sangue, como os glóbulos vermelhos — e foi testado em pacientes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Do outro lado, a droga experimental, desenvolvido pela farmacêutica norte-americana Amynda, foi usada no tratamento de doentes em um hospital em Milão, na Itália.

Pesquisas com anti-inflamatórios contra a COVID-19 se mostram promissoras tanto no Brasil quanto na Itália (Imagem: Reprodução/ Christina Victoria/ Unsplash)

Após as análises dos resultados, as duas medicações apresentaram resultados promissores, no entanto, a AMY-101 é mais barata e teve um desempenho ainda melhor no teste clínico. Agora, os dois grupos de pesquisa consideram testá-la em um grupo maior de pacientes no Brasil, dando início à terceira e última fase de testes com o medicamento experimental.

“Os dois compostos causaram uma resposta anti-inflamatória robusta que culminou em uma recuperação bastante rápida da função respiratória dos pacientes”, explica Rodrigo Calado, coordenador do estudo no Hospital das Clínicas da FMRP-USP e integrante do CTC – um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Anti-inflamatórios contra a COVID-19

Os pesquisadores observaram que os benefícios no tratamento de casos graves da COVID-19 — tanto com o anticorpo monoclonal quanto com a AMY-101 — foram desencadeados pela inibição de uma cadeia de proteínas do sangue responsáveis pela resposta imunológica, chamada sistema complemento. Em outras palavras, a ação dos remédios foi eficaz no controle da resposta imunológica desproporcional do corpo contra o coronavírus.

No organismo humano, ativação descontrolada do sistema complemento é responsável pela resposta inflamatória exacerbada à infecção, em um processo conhecido como “tempestade de citocinas”. É como se o sistema imunológico, ao invés de melhorar o quadro do paciente, causasse um agravamento e piora do seu estado. Afinal, as citocinas são proteínas que deveriam regular a resposta imunológica contra invasores e, não atacar o próprio corpo.

Em casos extremos, esse quadro pode causar danos inflamatórios nas paredes dos vasos que estão em volta de diferentes órgãos vitais, levando a lesão microvascular disseminada e trombose, o que pode terminar na falência de múltiplos órgãos. “Os resultados dos ensaios clínicos mostram que a inibição de componentes do sistema complemento causa uma diminuição bastante intensa da inflamação”, explica Calado.

Mais estudos com anti-inflamatórios

A partir dos resultados promissores dos dois ensaios clínicos, os pesquisadores do CTC e da Universidade da Pensilvânia se uniram e planejam realizar um estudo clínico de fase 3, com a participação de mais de 100 pacientes com COVID-19 em estado grave. Nessa etapa de pesquisa, os pacientes serão tratados apenas com AMY-101, já que seu uso foi mais eficiente nos testes anteriores.

De acordo com os planos do grupo de cientistas, o estudo será conduzido no Hospital das Clínicas da FMRP-USP, em São Paulo, e contará com apoio de outras instituições de pesquisa no país. “Uma das vantagens da AMY-101 é que o custo é muito menor do que o eculizumabe [anticorpo monoclonal], que é um medicamento mais caro”, completa o pesquisador.

Para acessar o artigo completo, publicado na revista Clinical Immunology, clique aqui.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
UOL Portal R7 Portal Exame Yahoo! Yahoo! Portal R7 PE mais Agora RN online Jornal O Diário (RJ) online Jornal Potiguar Giro 24h Vale do Piancó Noticias Araraquara24horas Jefte News Piauí Noticias Press From Brasil MSN Planeta online Região Noroeste Jornal da Ciência online Dom Total Revista Amazônia Pfarma Jornal D Marília Blog Itarantim Agora Portal Maratimba Rádio Costa Sul FM Rádio Vale FM 102,3 (Bahia) Portal Salvador Dez BN - Bahia Notícias Andaiá FM Voz da Bahia Preto no Branco RBR Notícias Mapele News Jornal Correio do Oeste (Buritirama, BA) Plox Blog Saúde e Dicas A Cidade On (São Carlos, SP) Top Stories Brazil Em Tempo (Manaus, AM) online Portal Thathi ICTQ - Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade Portal Mato Grosso Portal MT IG O Atual Voz MT Notícia em Foco MT Bomba Bomba Hoje ES O Documento online Giro Marília Bem Notícias Paraíba Notícia Portal Lapada Lapada Galileu online NE10 Jornal Integração Biblioteca Benedicto Monteiro Portal da Enfermagem Tá Sabendo? Jornal Alerta NE10 Interior Digital Rádio e TV NewsLab online Panorama Farmacêutico Expresso PB online Portal Correio Press From Brasil Poder360 MSN Nas Notícias Jornal Folha da Terra (Itupeva, SP) online SBNotícias Saber Atualizado Investe São Paulo Paraíba Atual Paraíba Debate PPTA Soluções e Tecnologia Portal Thathi Portal do Governo do Estado de São Paulo Ternura FM Folha Nobre Notícias & Artigos Panorama Farmacêutico Cariri em Ação Cacimbinha News Preto no Branco Blog do BG São Miguel para Todos Sistema Costa Norte de Comunicação Portal da Cidade (Registro, SP) Jovem Pan Jornal Opção (Goiânia, GO) online Duna Press Beto Ribeiro Repórter Acontece Botucatu Agora na Mídia Jornal Primeira Página online Farmacêutico Márcio Antoniassi Diário da Saúde O Sul online RolNews Jornal Cidade - Rio Claro Jornal A Cidade Ubatuba 2A+ Farma Jornal Primeira Página Biblioteca FMUSP Tribuna (Ribeirão Preto, SP) Tribuna (Ribeirão Preto, SP) online Secretaria da Educação do Estado de São Paulo O Roncador Leia Lucas Tech Na Net