Notícia

JC e-mail

Ano das inovações africanas

Publicado em 07 fevereiro 2007

Por Agência Fapesp

Países presentes na reunião de cúpula da União Africana decidem lançar iniciativa para estimular o desenvolvimento da ciência e da tecnologia no continente

Dirigentes dos países participantes na reunião de cúpula da União Africana (UA), realizada no fim de janeiro em Adis-Abeba, na Etiópia, decidiram lançar o Ano das Inovações Africanas.
A iniciativa tem como objetivo estimular a capacidade de inovação no continente. O Ano das Inovações será lançado oficialmente em julho, em reunião extraordinária da UA em Acra, Gana.
"Em julho, vamos comemorar a industrialização na África e lançar o ano de celebração da ciência e da tecnologia africanas", disse Alpha Konare, presidente da AU, na reunião de cúpula que terminou no dia 30 de janeiro, segundo a agência de notícias SciDev.Net.
Para os pesquisadores presentes no encontro, a declaração deverá tornar o público mais informado sobre o tema, uma vez que a maioria desconhece a capacidade inovativa do continente. Mas só isso não basta. "É um começo importante, mas o processo exige forte apoio das lideranças políticas", disse Stephen Agong, diretor executivo da Academia Africana de Ciências.
Para Abdoulie Janneh, secretário executivo da Comissão Econômica para a África das Nações Unidas, as políticas de ciência e tecnologia no continente estão ultrapassadas e as relações dos governos com a comunidade científica enfraquecidas.
"É preciso criar uma capacidade de inovação que permita gerar, estimular e desenvolver grande número de cientistas, engenheiros e técnicos", disse Janneh. Segundo ele, para que sejam desenvolvidas tecnologias que atendam necessidades nacionais e regionais, será necessário criar "fortes relações" entre indústrias com base tecnológica, instituições acadêmicas e governos.
Para Janneh, se a África quiser cumprir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio até 2015 precisará escalonar os investimentos em ciência e tecnologia.
Mais informações: http://www.africa-union.org

(Agência Fapesp, 7/2)