Notícia

ATR Brasil - Associação do Transporte Rodoviário do Brasil

Amyris e Solazyme fornecerão bioquerosene para a aviação civil

Publicado em 17 julho 2013

Por Portal Transporta Brasil

A Amyris e a Solazyme, duas empresas de bioenergia instaladas no Interior Paulista irão produzir combustível para a aviação civil tendo a cana-de-açúcar como matéria-prima.

As duas companhias fizeram parte de um grupo de 33 parceiros, entre empresas e instituições de pesquisa, que participaram do estudo “Plano de voo para biocombustíveis de aviação no Brasil”, patrocinado pela Embraer e pela Boeing, financiado pela Fapesp (Fundação para o Amparo da Pesquisa no Estado de São Paulo) e coordenado pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Instalada em Brotas, a Amyris utiliza o caldo de cana e linhagens de leveduras geneticamente modificadas para produzir o farneseno, uma substância que depois de um processo de hidrogenação se transforma no bioquerosene.

A partir desse produto será possível, por processos de refino específicos, fabricar tanto o bioquerosene como produtos para a indústria química ou, ainda, o diesel que foi o primeiro alvo da empresa no Brasil.

A Solazyme, instalada na cidade de Orindiúva, utiliza algas e caldo de cana para produzir um óleo primordial que, depois de um processo de craqueamento semelhante ao do petróleo, é transformado em bioquerosene com as mesmas especificações do querosene usado em aeronaves.

Segundo pesquisa da Fapesp, a aviação comercial deverá reduzir em 50% as emissões de dióxido de carbono (CO2) até 2050 em relação ao que foi emitido pelos motores de aviões em 2005.

Fonte: Portal Transporta Brasil