Notícia

Planeta Universitário

América Latina e China frente a uma ordem global multipolar

Publicado em 28 outubro 2011




O Instituto Confúcio e o Instituto de Estudos Econômicos e Internacionais (IEEI) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) realizarão, nos dias 3 e 4 de novembro, o seminário internacional “América Latina e China frente a uma ordem global multipolar”. De acordo com um dos organizadores, o professor da Unesp, câmpus de Marília, Marcos Cordeiro Pires, um dos objetivos do encontro é abrir caminhos de investigação que poderão subsidiar ações de autoridades públicas, acadêmicas e empresariais.Esse tipo de estratégia teorizada no campo das relações internacionais busca acordos em que as duas partes tenham vantagens e que a divisão dos resultados seja a mais equitativa possível.

De acordo com Pires, o país asiático tornou-se um dos principais parceiros comerciais da América Latina. “Observamos a intensificação de investimentos diretos chineses na região, particularmente em setores ligados à produção de matérias-primas industriais e alimentos, além daqueles direcionados para a produção de bens de consumo", destacou.

“Os papéis da América Latina e da China na construção de uma ordem multipolar”, “Um balanço das relações Brasil e China” e “Consenso de Washington versus consenso de Pequim: em que o modelo chinês pode inspirar a América Latina?” são alguns dos temas que serão abordados durante o evento.

Os assuntos serão discutidos por professores da Unesp e autoridades como Zhou Zhiwei, do Centro de Estudos Brasileiros da Academia Chinesa de Ciências Sociais; Qiu Xiaoqi, embaixador da China no Brasil; e Gustavo Santillan, da Universidad Nacional de Córdoba (Argentina), entre outros.

O evento será realizado no Memorial da América Latina, localizado na Av. Auro Soares de Moura Andrade, nº 664.

As inscrições são gratuitas e limitadas e devem ser feitas no site www.memorial.sp.gov.br.

Mais informações: (11) 3823-4780.

Agência FAPESP