Notícia

Página Rural

AM: Simpósio Internacional sobre Fisiologia Reprodutiva de Peixe recebe trabalhos até final deste mês

Publicado em 05 dezembro 2017

O Simpósio Internacional sobre Fisiologia Reprodutiva de Peixe (Isrpf 2018) que acontecerá de 3 a 8 de junho de 2018 em Manaus (AM) está com prazo aberto para submissão de resumos até o dia 29 de dezembro de 2017. Para participação no evento, as inscrições podem ser feitas até 27 de fevereiro de 2018.

O objetivo do simpósio é estimular a discussão e o aprendizado sobre as mais recentes descobertas científicas na área de fisiologia reprodutiva em peixes, com enfoque nas novas fronteiras em diversidade reprodutiva em um ambiente em mudança.

O evento acontece a cada quatro anos, desde a sua criação em 1977 pelo Prof. Dr. Roland Billard, na França. As edições anteriores foram na Europa, América do Norte e Ásia. A próxima será a 11ª edição do Isrpf e será realizada pela primeira vez na América Latina, no Brasil.

O tema central do 11º Isrpf será "Novas fronteiras na diversidade reprodutiva em um ambiente em mudança". De acordo com a organização do evento, o termo "diversidade reprodutiva" refere-se à enorme diversidade mostrada pelas espécies da América do Sul, mas também alude à rica diversidade de estratégias reprodutivas observadas no peixe em geral. Já a expressão "ambiente em mudança", pretende aludir às mudanças e às consequências decorrentes das atividades humanas levando a mudanças ambientais, como o aquecimento global e os efeitos diretos da temperatura, mas também o valor do pH e as concentrações de CO2 na biologia das espécies de peixes.

Segundo a organização do evento, a 11ª edição do Isrpf será um simpósio compacto e sem sessões paralelas simultâneas, permitindo que os participantes possam acompanhar as palestras plenárias e apresentações orais. As atividades acontecerão no Tropical Manaus Ecoresort. O evento será realizado em inglês e não haverá tradução simultânea. Para realizar inscrição ou submeter trabalhos, acesse o site do evento

O Comitê Científico Internacional do simpósio é formado por pesquisadores do Brasil, Holanda, Portugal, Argentina, França, Hong Kong, Índia, Estados Unidos, Canadá, França, Japão, Israel e Noruega. No Brasil a coordenação do evento é pelo pesquisador Luiz Renato de França, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e professor titular da Universidade Federal de Minas Gerais (Ufmg).

As instituições brasileiras envolvidas na realização do evento são: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Universidade Federal de Minas Gerais (Ufmg), Embrapa Amazônia Ocidental unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade Nilton Lins, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade de São Paulo (USP), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Secretaria de Estado de Produção Rural do Amazonas (Sepror).

Fonte: Embrapa Amazônia Ocidental