Notícia

Acontece Botucatu

Alunos da FMB participam de Conferência Internacional sobre doenças cerebrovasculares

Publicado em 01 fevereiro 2018

Uma comitiva formada por alunos de graduação e pós-graduação da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) participou entre os dias 24 e 26 de janeiro do International Stroke Conference (ISC), em Los Angeles (EUA). A iniciativa é considerada a maior reunião mundial dedicada à ciência e tratamento de doenças cerebrovasculares.

Na ocasião, os representantes da FMB apresentaram resultados parciais de um estudo clínico pioneiro que avalia a eficácia e segurança da estimulação cerebral não invasiva em pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC): o Trial de Neuro Reabilitação (Eletron Trial). O trabalho analisa pacientes acima de 18 anos com diagnóstico de AVC que apresentem sequelas motoras e sensoriais específicas denominadas de negligência espacial unilateral, quando o paciente não reconhece parte do corpo dele, das pessoas ou do ambiente a sua volta.

“Esse congresso foi uma oportunidade para eles (alunos) verem coisas novas, lá tiveram trabalhos inéditos apresentados sobre AVC e reabilitação”, explica o coordenador do Trial de Neuro Reabilitação e do grupo de pesquisa do CNPq, professor Rodrigo Bazan.

A comitiva da FMB que participou do ISC foi composta por: Fernanda Winckler (aluna de doutorado – Programa de Pós-Graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica), Rafael Dalle Molle da Costa (aluno de mestrado – Programa de Pós-Graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica), Gabriela Rizatti (aluna de graduação – medicina), Taís Silva (aluna de doutorado – Programa de Pós-Graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica) e Juli Souza (aluna de doutorado – Programa de Pós-Graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica)

Parcerias

O Trial de Neuro Reabilitação tem financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e CNPq. Foi idealizado pelo pesquisador e fisioterapeuta Gustavo José Luvizutto, professor Rodrigo Bazan e Hélio Rubens, do EAP da FMB. A concretização do projeto receberá apoio dos setores de reabilitação do HCFMB (responsável – Letícia Antunes), Upeclin, disciplina de neurologia clínica, unidade de AVC (coordenador – Gabriel Braga), rede nacional de pesquisa clínica em AVC e da professora Adriana Bastos Conforto, da USP de São Paulo.