Notícia

Diário do Rio Claro

Alimentação

Publicado em 13 janeiro 2019

O tamanho das porções de comida servidas em restaurantes populares contribui para o aumento da obesidade. A conclusão é de um estudo que pesou e mediu o valor calórico de uma refeição completa, em cinco países: Brasil, China, Finlândia, Gana e Índia.

Excetuando a refeição chinesa, o volume calórico por prato feito (PF), como se diz no Brasil, chega a ser, em média, 33% maior do que a de um lanche de fast food (comida rápida). O consumo das porções servidas em restaurante populares fornece entre 70% e 120% das necessidades calóricas diárias para uma mulher sedentá1ia, cerca de 2 mil quilocalorias (kcal).

O trabalho, coordenado pela Tufts University e com o apoio da Fapesp, foi publicado no British Medical Journal.