Notícia

Estadão.com

Algas brasileiras têm inibidor do vírus da aids

Publicado em 26 setembro 2005

Substância química do grupo dos diterpenos polioxigenados inibiram em até 95% a replicação do vírus HIV São Paulo - Pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) descobriram em algas encontradas no litoral brasileiro substâncias que se mostraram capazes de inibir o vírus da aids em meio celular.Diferentes tipos de algas foram analisados em dez anos de estudos, entre elas as algas pardas Dictyota menstrualis e Dictyota pfaffii, encontradas com abundância no litoral fluminense e na costa do Atol das Rocas (RN), [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.