Notícia

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Alckmin discursa em anuncio de investimentos de R$ 182,6 mi para Fapesp

Publicado em 23 maio 2011

Mestre de cerimônia: Com a palavra, sua excelência, o senhor Geraldo Alckmin, governador do Estado de São Paulo.

Geraldo Alckmin:
Deputado Barros Munhoz, presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Primeiro digo que fiquei muito honrado com a troca. Eu era vice-governador do Mário Covas, Celso Lafer, e o Covas se afastou quando foi candidato a reeleição e eu assumi ali durante uns meses. Aí eu fui até o Hospital Pérola Byington, fazer uma visita lá no hospital. Na hora que eu estou saindo o pessoal: "Governador é por aqui. Governador é por ali". Aí uma senhora comentou, falou: "Olha, o Mário Covas pessoalmente é mais magro". Quero saudar aqui o nosso presidente do Conselho Superior da Fapesp, Celso Lafer, por quem cumprimento todos os conselheiros; deputado Federal Mendes Thame; deputados estaduais, o Vitor Sapienza e o Beto Trípoli; nosso secretário chefe da Casa Civil Sidney Beraldo; secretário de Energia, deputado José Aníbal; secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, deputado Paulo Barbosa; secretário da Educação, professor Herman Voorwald; professor magnífico reitor João Grandino Rodas, da Universidade de São Paulo; Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da Fapesp; Joaquim José de Camargo Engler, diretor administrativo da Fapesp; saudação ao professor Goldemberg; Lia de Carvalho Pinto Lang, filha do governador Carvalho Pinto, na pessoa de quem quero saudar toda família, que nos honra aqui com suas presenças, Maria Lúcia Wilken Bicudo filha do nosso querido Hélio Bicudo, foi secretário chefe da Casa Civil no Governo Carvalho Pinto; pró-reitores, ex-conselheiros, pesquisadores, representantes de instituições de ensino, amigas e amigos.

Uma grande satisfação participar da solenidade de abertura dos 50 anos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. São Paulo detém uma posição de liderança na produção de ciência e tecnologia no Brasil. Nosso Estado responde por 34% do produto interno bruto do PIB e aplica, como aqui foi colocado, 1,64% do seu PIB em pesquisa e desenvolvimento. Respondemos também pela produção de 52% da Ciência Brasileira medida pelo número de artigos científicos publicados em revistas indexadas. Esta instituição prevista pela constituição de São Paulo de 1947 foi concebida no clima democrático que se seguiu ao fim do Estado novo, nasceu do processo da modernização de São Paulo em decorrência e luta de diversos cientistas intelectuais e pela competentíssima gestão do governador Carvalho Pinto e foi fortalecida pela constituição estadual em 1989 que lhe assegurou o repasse de 1% das receitas do Governo do Estado.

Em suma, a Fapesp é uma instituição democrática na sua origem e nas suas práticas, avançada nos seus objetivos e nas suas ações e sólida pelos recursos que lhe são garantidos e que administra com rigor e eficiência. Em seus 50 anos de existência, ela tem qualificado quadros de excelência nas mais diversas áreas do conhecimento da medicina a ciências sociais, das letras a agricultura, das artes da economia, da antropologia, enfim, de todos os cantos. Conjugando sem preconceitos o saber especulativo com a conquista de novas tecnologias, ela tem possibilitado incontáveis conquistas, inclusive, com importantes parcerias do setor privado. Desta forma reconhecendo, por exemplo, a importância das pequenas empresas para a economia e sua dificuldade em aplicar recursos em pesquisas de desenvolvimento, vários programas foram criados de inovação tecnológica especialmente voltadas às pequenas empresas.

A Fapesp excede em números, ela tem apoiado 18 mil projetos a cada ano, por meio de bolsas de estudos, auxílio para pesquisa acadêmica e para inovação tecnológica. A Fapesp excede em números, mas excede, sobretudo, em qualidade com articulação e o apoio à pesquisas com repercussão em todo o país e repercussão internacional. Se o mundo contemporâneo traz a marca do conhecimento, não podemos desconhecer que em São Paulo, nos últimos 50 anos, uma enorme parte dessa marca tem sido inscrita, está sendo inscrita na nossa história pelo trabalho da Fapesp. A Fapesp é um instrumento que o povo paulista tem para manter São Paulo na vanguarda do desenvolvimento científico e tecnológico e, por isso, deve ser celebrada. Parabéns à Fapesp por essa data e parabéns à São Paulo e ao Brasil por contarem com uma instituição como a Fapesp.

Muito obrigado.