Notícia

IT Mídia.com

Agtech brasileira IDGeo recebe aporte da Poli Angels

Publicado em 02 outubro 2019

Investimento feito pela associação de investidores-anjo promete acelerar crescimento da startup. Valor do aporte não foi revelado

A IDGeo, agtech de inteligência de dados geográficos para o agronegócio, anunciou o recebimento de um aporte da Poli Angels. A startup explica que é a primeira startup agro a receber aporte “seed” da Poli Angels, uma associação de investidores-anjo lançada há pouco mais de um ano por ex-alunos da Escola Politécnica da USP.

O agronegócio é uma indústria com grande participação no PIB brasileiro e conta com expectativas de grande expansão. O setor sozinho representa 21,1% do PIB e movimenta 38% dos empregos formais no país.

“A escolha pela IDGeo nesse primeiro aporte, realizado pela Poli Angels, foi muito bem pensada devido a aplicabilidade da solução no segmento de agronegócios, e o peso que o setor representa para a economia”, conclui o cofundador da Poli Angels, Alexandre Aidar.

A IDGeo desenvolve sistemas e soluções de gestão de terras e lavouras, processo administrativo fundamental no plantio de commodities. A startup informa que seu sistema pode ainda ser eficiente para o controle de pragas, uma vez que é capaz de medir e acompanhar a evolução dos problemas, permitindo o controle de fatores que interferem no desenvolvimento das lavouras.

Lançada em 2013, a IDGeo já recebeu outros aportes dedicados ao desenvolvimento, pesquisa e inovação como da FAPESP, por exemplo. No entanto, como informa a empresa, os resultados do investimento feito pela Poli Angels deve ajudar a companhia a entrar com mais velocidade no mercado. O valor do aporte não foi informado.

A empresa conta com soluções como o Mato Controle, sistema de levantamento, monitoramento e gestão de mato. Outra solução é conhecida como Pisoteio, sistema que mapeia a área da linha de cana impactada pelo tráfego de colhedora e transbordos.

Recentemente a empresa lançou o Cana Viva, plataforma de gestão de canaviais. Um dos diferenciais da plataforma é o diagnóstico de imagem, que classifica os tipos de manchas e alerta o lavrador de possíveis ameaças.