Notícia

G1

Agenda do dia - 4 de setembro, quarta-feira

Publicado em 04 setembro 2019

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado.

O Senado pode votar hoje na CCJ a inclusão estados e municípios na reforma da Previdência. A chamada "PEC paralela" deve ser analisada depois da proposta principal, que foi aprovada pela Câmara em agosto. No Reino Unido, o Parlamento vota uma lei que, se passar, impedirá um Brexit sem acordo em 31 de outubro. Mais fraco, o furacão Dorian segue seu trajeto em direção à costa dos Estados Unidos. Mesmo rebaixado de categoria, ele ainda pode causar inundações e danos ao território americano. A seca de recursos para pesquisa no Brasil é o tema de hoje do poscast O Assunto. Renata Lo Prete discute as consequência dos cortes nas bolsas para pesquisadores. Serão conhecidos hoje os finalistas da Copa do Brasil.

- Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado deve votar hoje a “PEC paralela”, que inclui estados e municípios na Previdência, após a análise pelo colegiado do relatório principal da reforma, aprovada pela Câmara dos Deputados em agosto.

- A Câmara dos Deputados aprovou no fim da noite de ontem o texto-base do projeto que visa mudar a composição do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, conhecido como fundo eleitoral, que prevê R$ 1,8 bi e a volta da propaganda no rádio e na TV.

- O primeiro-ministro britânico Boris Johnson estreou com derrota em sua primeira votação no Parlamento. Por 328 votos a favor e 301 contra, os parlamentares decidiram que irão votar hoje uma lei que, se for aprovada, impedirá um Brexit sem acordo em 31 de outubro.

Irritado, o premiê disse que, caso os parlamentares aprovem um atraso “sem sentido” nesta quarta, irá apresentar um pedido de eleições gerais antecipadas. “Que não haja dúvidas sobre as consequências da votação”, disse Johnson em seu pronunciamento após a divulgação do resultado.

“O Parlamento está à beira de destruir qualquer acordo que possamos alcançar com Bruxelas. Isso irá significar mais estremecimento e mais atraso”, acrescentou Boris Johnson.

-Mesmo enfraquecido, o furacão Dorian segue destruindo. Ontem, imagens aéreas da Ilha Grande Ábaco, Bahamas, mostraram o rastro da tormenta, que avança lentamente em direção à costa sudeste dos Estados Unidos. Ao menos sete pessoas morreram.

O furacão caiu para categoria 2, em uma escala máxima de 5, com ventos de 175 km/h, mas continua perigoso enquanto se desloca.

- Para discutir as consequências dos cortes nas bolsas de fomento à pesquisa e à educação, Renata Lo Prete ouve Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP, e Ardilhes Moreira, editor de educação do G1.

Você pode ouvir O Assunto no G1, no Spotify, no Google Podcasts ou no Apple Podcasts. Assine ou siga O Assunto, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.

Mais podcast: Bem Estar fala sobre o Cigarro eletrônico

- Um assunto polêmico, mas que gera muitas dúvidas: cigarro eletrônico. Esse é o tema do segundo podcast do Bem Estar. Participaram do programa a psicóloga e diretora-executiva da ONG ACT (Aliança de Controle do Tabagismo), Monica Andreis, e a cardiologista e especialista no tratamento do tabagismo, Jaqueline Scholz.

- A prisão do casal Anthony (sem partido) e Rosinha Garotinho (Patriota) aumenta para quatro o número de ex-governadores do Rio de Janeiro na cadeia. Além deles, estão detidos Sérgio Cabral (MDB) e Luiz Fernando Pezão (MDB).