Notícia

Jornal de Piracicaba

Administração municipal terá projeto

Publicado em 10 novembro 2001

Por Alessandro Maschio - JP
O financiamento é da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A coordenação, do Centro de Energia Nuclear Aplicado à Agricultura (Cena). A beneficiada, a Prefeitura, que entra com os recursos humanos e as instalações físicas. O resultado, um projeto de geoprocessamento, previsto para ser iniciado, no mais tardar, no início de 2002. Segundo o secretário municipal de Governo, Alexandre Alves, a Fapesp já aprovou a liberação dos recursos, na ordem de R$ 270 mil. A contrapartida do município, exigida pelo Cena, também já foi discutida: funcionários de carreira, que trabalhem na área de informática, vão executar o serviço, evitando que mudanças na administração municipal prejudiquem o andamento dos trabalhos. Agora, resta concluir o processo de informatização da Prefeitura, o que se pretende fazer a partir de uma linha de crédito do BNDES, etapa que estaria "bem avançada", de acordo com o secretário. O problema, conforme afirmou, é que as diversas secretarias organizam seus dados de forma autônoma e é necessário que eles estejam integrados para que o geoprocessamento seja efetivado. "Estamos numa fase de mapear o que já está elaborado pelas diversas secretarias. Estamos numa fase de transição, em que algumas dispõe de recursos razoáveis de informática, outras, nenhum", disse Alves. O secretário comentou, ainda, sobre as vantagens da empreitada: os gastos com informatização, na verdade, serão investimentos. Para os funcionários, uma oportunidade de capacitação; para a Prefeitura, uma chance de dispor de informações precisas e localizadas sobre o município.