Notícia

O Estado de S. Paulo

Adesão do Brasil ao LHC custa US$ 10 mi

Publicado em 31 março 2010

O Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern) vai cobrar US$ 10 milhões (R$ 18 milhões) por ano para que o Brasil possa fazer parte do maior experimento da Física, o Grande Colisor de Hádrons (LHC). O projeto oficial de adesão brasileira será apresentado em junho. Ao lado da Índia, o Brasil poderá estar entre os primeiros países emergentes a se unir oficialmente ao projeto. John Ellis, diretor de cooperação do Cern, revelou ao Estado que uma proposta está sendo redigida no momento pela entidade, que busca sua internacionalização e [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.