Notícia

O Dia (SP)

Acordos bilaterais e investimentos trazem delegação britânica a SP

Publicado em 14 junho 2019

O Secretário de Relações internacionais, Julio Serson, e o presidente do Fundo Social do Estado de São Paulo, Filipe Sabará, receberam representantes do Reino Unido em audiência no Palácio dos Bandeirantes. Participaram do encontro, Lord Peter LiUey, ex-ministro da Indústria e Comércio e atualmente membro do Parlamento Europeu, e Jbonathan de Lesley, presidente do lnstilute for Free Trade (Instituto de Livre Comércio).

Gabriel Kanner, presidente do Instituto Brasil 200 - movimento de empresários brasileiros - acompanhou a comitiva inglesa. Durante a reunião, realizada na sexta-feira (7), foram discutidas possibilidades de investimento e de acordos bilaterais entre as regiões especialmente após a saída do Reino Unido da União Europeia. Para Peter Lilley, São Paulo e Reino Unido estão em um "momento único".

"O Brasil com um governo pró-mercado e que vê o livre-comércio com bons olhos", afirmou. De acordo com Kanner, os britânicos querem trabalhar um intercâmbio entre agentes do mercado financeiro ingleses e brasileiros para que os profissionais possam trabalhar sem restrições nos dois países. A vinda da delegação ocorreu às vésperas da viagem do Governador João Doria ao Reino Unido. De 6 a 12 de julho, acompanhado pelo Secretário Serson, Doria vai a Londres apresentar o Plano de Desestatização do governo de São Paulo, além de conhecer boas práticas em ações ligadas a saúde e segurança pública. "Apesar da forte crise que atravessa o país, o Brasil é o quarto maior destino de investimento estrangeiro direto, de acordo com o relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) de junho do ano passado", afirmou Serson. "Queremos mostrar todo o potencial de São Paulo para atração de recursos do Reino Unido, um forte parceiro", disse o Secretário.

Ao fmal do encontro, o Secretário disponibilizou a equipe técnica da Secretaria de Relações Internacionais para contribuir com ações que fortaleça a relação entre as regiões. Pela delegação paulista, além do Secretário Serson e de Filipe Sabará, participam do encontro o Embaixador Affonso Massot, assessor para Assuntos Diplomáticos, o diretor-executivo do Fundo Social José Castro, e os assessores da Cooperação Internacional da Secreta- · ria de Relações Internacionais, Andrey Brito e Alexandre Groszmann. Acordos Sio Paulo e Reino Unido São Paulo e Inglaterra têm assinados, desde 2008, 11 acordos de cooperação em setores diversos como educação, meio ambiente, comércio e investimentos, administração penitenciária, cultura, entre outros.

O último documento, de 20 17. foi assinado entre o Department for Intemational Trade (Departamento de Comércio Internacional do Reino Unido) e a Investe São Paulo, agência de investimentos paulista ligada a Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico. Fundos O Estado de São Paulo foi contemplado três vezes pelo Prosperity Fund, fundo de cooperação do governo britânico, e faz parte das ações da iniciativa inglesa do Newton Fund, que visa promover o desenvolvimento social e econômico dos países parceiros por meio de pesquisa, ciência e tecnologia. Pelo Prosperity Fund, o estado paulista trabalhou pautas nas áreas de saúde (Open Innovation in Health), parcerias público-privadas (SP Infra), transparência e combate a fraudes e corrupção.

Em 2015, uma parceria entre Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e British Council, e apoio do Newton Fund, reuniu jovens cientistas em infcio de carreira para participar do workshop "Novas abordagens para monitorar e gerenciar a transmissão de doenças transmitidas pela água no Brasil e Reino Unido". O objetivo do encontro foi fomentar projetos de pesquisas, proporcionar integração e estimular parcerias entre os participantes.