Notícia

Valor Econômico online

Acordo com Boeing daria novo fôlego à brasileira

Publicado em 26 dezembro 2017

Por Virgínia Silveira
Representantes da indústria aeroespacial e de defesa brasileira acreditam que uma eventual combinação de negócios, na forma de fusão ou joint-venture, entre a Embraer e a americana Boeing vai trazer força e estabilidade para a empresa brasileira continuar investindo no desenvolvimento de novos produtos e, consequentemente, para sobreviver no competitivo mercado aeronáutico mundial. "A empresa já vem dando sinais de que está perdendo fôlego para novos desenvolvimentos, como a redução no seu fluxo de caixa, backlog baixo (pedidos de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.