Notícia

Floripa News online

Acadêmicos da Udesc conquistam o 3º lugar nas categorias Engenharia e Design no Prêmio Inova da Whirlpool

Publicado em 20 abril 2010

Condicionador de ar com as funções de odorização e projeção de imagens e lavadora de roupas com compartimentos para diferentes lavagens simultâneas estão entre as propostas vencedoras do Prêmio

Criatividade, inovação e alta tecnologia foram os temperos da 3ª edição do Whirlpool Inova - prêmio voltado a professores e alunos de graduação e pós-graduação stricto sensu das áreas de design e engenharia. Os vencedores foram conhecidos na última quinta-feira, dia 15, no IED - Istituto Europeo di Design.

Na etapa final do evento, os trabalhos finalistas, nas categorias de design e engenharia, foram avaliados e julgados por uma banca formada por profissionais da Whirlpool das áreas de design, engenharia, marketing e inovação e, também, por representantes das instituições apoiadoras desse evento.

Pela primeira vez, o Inova contou com cobertura ao vivo de blogueiros - profissionais formados em design e engenharia - que transmitiram toda a agenda da premiação, incluindo o debate sobre Open Innovation e a entrega do prêmio, além de entrevistas com os grupos vencedores e os profissionais presentes. O objetivo da Whirlpool Latin America foi estender a temática, também, às redes sociais que têm promovido importantes discussões sobre tecnologia e inovação.

Como destaques dessa edição, vale ressaltar o alto nível dos projetos apresentados que já se equiparam a trabalhos profissionais. Dentre as propostas, chamou a nossa atenção a preocupação com a questão ambiental e social, além da criação de produtos em dimensões menores, voltados às famílias com poucos integrantes, avaliou Mario Fioretti, gerente geral de Inovação e Design da Whirlpool Latin America.

O primeiro lugar em design ficou com a equipe do terceiro ano de design, da UEMG - Universidade do Estado de Minas Gerais, que propôs o desenvolvimento do Twilight, um condicionador de ar de teto com função de odorização e projeção de imagens, que pode funcionar, ainda como um divisor de ambientes.

Já o grande vencedor na categoria engenharia foi o grupo de alunos do segundo ano de engenharia da FEI - Faculdade de Engenharia Industrial, que apresentou o conceito LEV - Lavadora Eco-Vortex. O projeto sugere uma lavadora com performance diferenciada. O novo sistema conta com um controlador de nível de água, um maior recipiente para produtos auxiliares (sabão em pó, alvejante e amaciante), opção de reuso de água e sistema vortex (jatos dágua) de lavagem. O objetivo é preservar as roupas, economizar água, evitar desperdícios e garantir praticidade ao consumidor.

Mais de 200 estudantes, de 35 diferentes instituições de ensino superior de todo o Brasil, se inscreveram na 3ª edição do Inova. A primeira fase, concluída em novembro de 2009, selecionou 20 projetos, divididos nas categorias Engenharia e Design, com mote de gerar produtos diferenciados para o segmento de linha branca por meio de soluções que proporcionem efetivamente melhorias para o dia a dia do consumidor.

Além da inovação em produtos atuais, a busca por novos conceitos em eletrodomésticos mobilizou jovens de todo o País, colocando à prova seus conhecimentos técnicos focados em engenharia e design.

O objetivo da Whirlpool Latin America com o INOVA é, não só reconhecer ações inovadoras, como estimular o interesse pela criação de produtos diferenciados no segmento de linha branca, que gerem benefícios tangíveis ao consumidor no ambiente doméstico, além de possibilitar a busca e retenção de jovens talentos, explicou Fioretti.

As instituições parceiras dessa terceira edição do Prêmio Whirlpool INOVA foram o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), pertencente ao Ministério da Ciência e Tecnologia, a Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI), e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), além do Istituto Europeo di Design - IED.

Para acompanhar a análise dos projetos finalistas e o julgamento dos trabalhos, o INOVA contou, ainda, com os profissionais de engenharia e design, convidados para auxiliar na avaliação.

Premiação

Os dois primeiros colocados em cada categoria receberam o prêmio em dinheiro, os orientadores dos primeiros colocados ganharam uma bolsa de mestrado e a universidade que teve grupo de estudantes na primeira ou segunda colocação recebeu R$ 20 mil ou R$ 10 mil, respectivamente, para investimento em seus laboratórios. Foram distribuídos, ao todo, mais de R$ 135 mil em prêmios, entre dinheiro, bolsas de estudo e produtos, valor 2,5 vezes superior ao da edição anterior.

Projetos Premiados

Design

1º Twilight

Graduação UEMG

Condicionador de ar Twilight

Condicionador de ar split com função de odorização e projeção de imagens, que pode funcionar como um divisor de ambientes.

2º Polipo

Graduação Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)

Lavadora de Roupas Pólipo

Proporciona que diferentes tipos de roupas sejam lavadas ao mesmo tempo em compartimentos diferentes ou que diferentes pessoas possam lavar suas roupas separadamente.

3º Inventório

Graduação UDESC

Rose System

Propõe o refrigerador como uma central de armazenamento e comunicação customizado para os usuários, por meio de forma, funções e features específicos.

Engenharia

1º FEITEX

Graduação FEI

LEV - Lavadora Eco-Vortex

Lavagem com performance diferenciada. O sistema conta com controlador de nível de água, maior recipiente para produtos auxiliares (sabão em pó, alvejante e amaciante), opção de reuso de água e sistema vortex (jatos dágua) de lavagem. O objetivo é preservar as roupas, economizar água, evitar desperdícios e trazer praticidade ao consumidor

2º FEISINOVA

Graduação UNESP

Desenvolvimento de dispositivo de expansão ativo para a substituição dos tubos capilares usados em sistemas de refrigeração domésticos O objetivo é construir e testar um dispositivo capaz de eliminar problemas como o desligamento prematuro da geladeira, de forma a economizar energia e aumentar a vida útil dos compressores.

3º Tree

Pós-Graduação UDESC

Condicionador de ar Violet

Sistema bactericida que utiliza radiação ultravioleta. Melhora a qualidade do ar, eliminando grandes quantidades de bactérias.

Open Innovation

Além da exposição e premiação dos trabalhos, o evento de exposição e premiação dos projetos contou com a presença de importantes designers e engenheiros de empresas de diferentes setores que, junto com executivos da Whirlpool Latin America, debateram o tema open innovation.

Marcaram presença o diretor de fomento à inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC, Marcos Vinicius de Souza, Marcelo Tambascia, gerente geral técnico de inovação da 3M, além de Rogério Martins e Mario Fioretti, respectivamente, diretor de desenvolvimento de produtos e gerente geral de Inovação e Design da Whirlpool Latin America.

Mais colaborativo e globalizado, o novo conceito foi analisado pelos profissionais com o objetivo de quebrar paradigmas, além de mostrar, com exemplos práticos, as possibilidades de resultados em inovação para as empresas.

WHIRLPOOL LATIN AMERICA

Líder do mercado latino-americano de eletrodomésticos, a Whirlpool Latin America atua no Brasil com as marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, com fábricas em Rio Claro (SP), Joinville (SC) e Manaus (AM). Possui 20 laboratórios de P D e quatro Centros de Tecnologia: Cocção, Ar-Condicionado, Lavanderia e Refrigeração - este considerado um dos maiores do mundo. Exporta produtos e projetos inovadores para mais de 70 países.

De acordo com o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), é a quarta colocada no registro de patentes no Brasil, além de ser a companhia brasileira com maior volume de patentes concedidas nos Estados Unidos. A inovação, entretanto, só é possível porque, combinados à tecnologia, estão os talentos. São cerca de 13,9 mil colaboradores no Brasil (unidades fabris e centros de distribuição e centro administrativo), 600 deles dedicados, exclusivamente, à pesquisa e ao desenvolvimento de produtos, sendo que 80 são mestres e doutores.

Seu compromisso com o meio ambiente é concretizado no desenvolvimento de produtos com alto nível de eficiência energética, na gestão de materiais e resíduos e na redução do uso de gases efeito estufa.

Fonte: Floripa News (www.floripanews.com.br)