Notícia

ABC - Academia Brasileira de Ciências

Acadêmico é novo presidente da AUGM

Publicado em 29 maio 2015

O Acadêmico Carlos Alexandre Netto, reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), tomou posse na terça-feira, 26, no cargo de presidente da Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM) em cerimônia no salão de festas da reitoria da universidade. Eleito durante a última reunião do Conselho de Reitores, realizada em 28 de abril na cidade de Santiago, Chile, Netto estará à frente da associação com o vice-presidente Juan Manuel Zolezzi Cid, da Universidade de Santiago do Chile, até o dia 9 de maio de 2016.

Netto diz que a AUGM vem integrando comunidades acadêmicas e contribuindo, de maneira significativa, para a aproximação dos países em que estão as universidades que a compõem. Afirma não ter dúvidas de que "inclusão, com qualidade e pertinência social, é meta comum para a construção da universidade transformadora que a sociedade espera e confia". Durante a cerimônia, foi assinada a Carta de Intenção entre UFRGS e Universidade Nacional do Litoral, que visa a unir esforços para a concretização de projetos de cooperação universitária internacional como forma de inserção no processo de internacionalização da Educação Superior. As instituições discutem estabelecer um programa de dupla diplomação nas áreas de Arquitetura, Engenharia Ambiental e Engenharia Hídrica. Netto ocupou a vice-presidência na gestão do reitor da Universidade Nacional do Litoral (Argentina), Albor Cantard, no período 2014/2015.

Além da posse do novo presidente da entidade, a UFRGS sedia outras atividades durante esta semana. Na segunda e na terça-feira, ocorreu a I Reunião 2015 da Comissão Permanente de Extensão Universitária e, na quarta-feira, se reúnem os membros da Comissão Permanente de Produção Artística e Cultural, que, entre outros temas, deverá discutir a realização de projetos na área em parceria com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre para apresentar durante o III Encontro de Cidades e Universidades que ocorrerá na capital gaúcha no mês de outubro.

O novo presidente da AUGM

Carlos Alexandre Netto, 55, é graduado em medicina pela UFRGS, com mestrado e doutorado pela instituição e pós-doutorado em Neurociências na Universidade de Londres. É professor titular do Departamento de Bioquímica do Instituto de Ciências Básicas da Saúde (ICBS) e orientador em cursos de pós-graduação na área biomédica. É pesquisador 1A do CNPq na área de Neurobiologia da Memória e Isquemia Cerebral, e recentemente foi eleito como integrante da Academia Brasileira de Ciências (ABC). Atua como consultor de agências de fomento, (Capes, CNPq, Fapesp e outras), e como revisor de periódicos nacionais e internacionais.

Dedicado à gestão acadêmica na UFRGS, foi diretor do Instituto de Ciências Básicas da Saúde (1998-2000), pró-reitor de Pesquisa na gestão 2000-2004, pró-reitor de Graduação na gestão 2004-2008. É reitor da UFRGS desde 2008, atualmente exercendo o segundo mandato (2012-2016), e tem a internacionalização da Universidade como uma das metas de gestão. Presidiu a Comissão de Relações Internacionais da Associação Nacional de Dirigentes de Instituições de Ensino Superior (Andifes) e o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras GCUB (2009-2012).

A Associação de Universidades Grupo Montevidéu

A Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM) é uma rede de universidades públicas e autônomas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Em função de suas semelhanças, compartilham vocações, caráter público e a equivalência nos níveis de serviços, características que facilitam o desenvolvimento de atividades de cooperação. Foi criada em 1991 como resposta à difícil situação por que passavam as instituições de ensino superior e com o objetivo de realizar um trabalho conjunto em prol da qualidade e do cumprimento do papel requerido por um órgão público dessa natureza.

Através de projetos comuns, parcerias, intercâmbios e acordos de cooperação, a entidade busca fortalecer a massa crítica de recursos humanos da região, desenvolvendo a pesquisa científica e tecnológica, incluindo os processos de inovação, adaptação e transferência em áreas estratégicas. Hoje consolidada, a AUGM compartilha profissionais de alta qualificação, recursos materiais, instalações, equipamentos e bibliotecas, construindo um espaço acadêmico comum ampliado em que se multiplicam as possibilidades de ação.

A associação mantém alguns programas permanentes, como o de Núcleos Disciplinares, que reúne grupos técnicos e recursos materiais correspondentes a uma disciplina de interesse comum para o desenvolvimento de atividades científicas, técnicas, acadêmicas ou de extensão; e o de Comitês Acadêmicos, que são equipes interdisciplinares sobre temáticas consideradas estratégicas para a região. Há três outros para tratar especificamente de mobilidade: Escala Docente, Escala Estudantil e Mobilidade de Pós-graduação, que é destinado a estudantes de mestrado e doutorado.

Integram a programação anual da AUGM as Jornadas de Jovens Pesquisadores, que são realizadas anualmente desde 1993, cada vez em uma instituição diferente, permitindo o intercâmbio de ideias e a integração regional desde a graduação; o Seminário Internacional Universidade-Sociedade-Estado, com encontros anuais para debater temas considerados de interesse estratégico para as sociedades dos países integrantes; e a Rede de Cidades e Universidades da AUGM, programa que propicia a articulação, proposta e realização de atividades conjuntas com os governos locais, reconhecendo nestes a responsabilidade sobre a definição e instrumentação de políticas públicas no âmbito municipal e nas universidades públicas o papel de assessorá-los com o conhecimento e o compromisso social. O próximo encontro da Rede de Cidades ocorrerá em Porto Alegre, no início do mês de outubro deste ano.

O Grupo Montevidéu tem, ainda, 16 convênios e acordos de cooperação com instituições das três Américas e da Europa. Um dos mais abrangentes é o que mantém com a CEPAL (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe das Nações Unidas), o qual foi reformulado durante a última reunião dos reitores com a finalidade de fortalecer as atividades acadêmicas na área das ciências econômicas, sociais, de cooperação internacional e do pensamento latino-americano sobre desenvolvimento.

(Ascom UFRGS)

Todas as matérias deste site podem ser reproduzidas, desde que citada a fonte.