Notícia

Itabuna Centenária Artes & Literatura - ICAL

ABL: Professor Ulpiano Bezerra de Menezes encerra na ABL o ciclo sobre patrimônio cultural

Publicado em 25 outubro 2018

Por Eglê Santos Machado

A Academia Brasileira de Letras encerra seu ciclo de conferências do mês de outubro de 2018, intitulado Patrimônio Cultural Brasileiro: abordagens, desafios, políticas, com do professor Ulpiano Bezerra de Menezes. A coordenação será do Acadêmico, historiador e professor Arno Wehling e o tema escolhido foi Dicotomias no campo do patrimônio cultural. O evento está programado para quinta-feira, dia 25 de outubro, às17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro. Entrada franca.

Serão fornecidos certificados de frequência.

A Acadêmica Ana Maria Machado é a Coordenadora-Geral dos ciclos de conferências de 2018.

Ulpiano Bezerra de Menezes adiantou, sobre sua palestra, que, em 2012, uma rede de pesquisadores e técnicos do patrimônio cultural começou a se organizar numa associação internacional de “estudos críticos do patrimônio” para combater o chamado “discurso do patrimônio autorizado” e ressaltar a necessidade de encará-lo, preferencialmente, como, também, fato social.

Afirmou que, “no Brasil, a Constituição Federal de 1988 abriu, nessa linha, novas perspectivas que, contudo, ainda não foram devidamente amadurecidas na prática profissional, nem criticamente avaliadas em suas perspectivas e insuficiências – apesar de termos identificado o campo como arena política, de conflitos ideológicos, sociais e econômicos, a exigir negociações”.

E concluiu: “Não se eliminou, porém o protagonismo exclusivo do Estado, nem a persistência de algumas perniciosas dicotomias, sobre as quais convém refletir: cultura e “cultura” (ou razão social vs razão técnica), material e imaterial (ou coisas vs sujeitos), processo e produto (ou patrimônio vivo vs patrimônio morto), valores imanentes e contingentes (ou reconhecidos vs atribuídos), autenticidade e identidade (ou suportes vs significações”.

O CONFERENCISTA

Professor Emérito da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, Ulpiano Bezerra de Menezes é titular aposentado de História Antiga, docente do programa de Pós-Graduação em História Social, Licenciado em Letras Clássicas (USP, 1959), Doutorado em Arqueologia Clássica (Sorbonne, 1964).

Ulpiano Bezerra de Menezes foi diretor do Museu Paulista/USP (1989-1994), organizador do Museu de Arqueologia e Etnologia/USP (1963-8) e o dirigiu (1968-78).

Membro do Conselho Superior da FAPESP (1977-79), da Missão arqueológica francesa na Grécia (antigo membro estrangeiro), do CONDEPHAAT (1971-87, 1996-2004, 2006-7), do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural / IPHAN (desde 2005), Ulpiano Bezerra de Menezes fez pesquisas e publicou, no Brasil e no Exterior, nas áreas de História Antiga (história da cultura, pintura helenística, urbanismo antigo), cultura material, cultura visual, patrimônio cultural, museus e museologia. Recebeu a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico (2002).

18/10/2018

http://www.academia.org.br/noticias/professor-ulpiano-bezerra-de-menezes-encerra-na-abl-o-ciclo-sobre-patrimonio-cultural