Notícia

Correio Braziliense online

Abismo financeiro entre ricos e pobres cresce ainda mais

Publicado em 19 dezembro 2018

Com cada vez mais pobres e a desigualdade social distanciando a população brasileira, distribuir renda e garantir desenvolvimento a todos é tarefa urgente para as equipes econômica e social do presidente eleito, Jair Bolsonaro. O índice de desigualdade social no Brasil ficou estagnado em 2017. É a primeira vez que isso acontece nos últimos 15 anos, aponta a ONG Oxfam Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 15,2 milhões de pessoas vivem abaixo da linha da extrema pobreza. A recessão que o país [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.