Notícia

Plantão News (MT)

Abertas as inscrições para MBA Gestão da Inovação em Saúde no Instituto Butantan

Publicado em 14 dezembro 2017

Por Agência Fapesp

O Instituto Butantan está com inscrições abertas para a nova turma do MBA Gestão da Inovação em Saúde. O prazo de inscrição vai até 19 de dezembro.

São oferecidas 60 vagas para pesquisadores interessados em pesquisa aplicada e para empreendedores e investidores que buscam nichos de mercado na área da Saúde. A carga horária é de 645 horas (360 horas presenciais e 285 horas de trabalho a distância).

Com duração de 18 meses, o curso é formado por três ciclos, que se complementam promovendo a formação do Gestor de Inovação: Inovação Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia; Pesquisa, Desenvolvimento e Produção em Saúde; e Parcerias, Negócios, Financiamento e Gestão de Projetos Inovadores.

O objetivo do curso é capacitar profissionais para atuar nas áreas de inovação, gestão estratégica, novos negócios, produtos ou serviços e para transformar pesquisas científicas em produtos inovadores na área de saúde, estimulando tratamentos de doenças com novos fármacos, diagnósticos, tratamentos cirúrgicos, terapêuticos, além de novos equipamentos.

O programa busca alinhar estratégias de inovação com o processo de desenvolvimento, desde as ferramentas de pesquisa até a produção e a comercialização de produtos, viabilizando o domínio de todo o arcabouço legal necessário para transferência do conhecimento científico e tecnológico desenvolvido por Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs) para empresas que têm o interesse em desenvolver e explorar comercialmente a tecnologia, seja por meio de novos produtos, processos ou aplicação em materiais e/ou serviços na área da saúde.

“O principal objetivo deste curso é preencher uma importante lacuna do mercado entre a criação científica e a materialização de um produto de saúde originado por ela. Precisamos de mais profissionais preparados para conduzir as etapas de desenvolvimento de novos produtos, principalmente em um ambiente extremamente regulado como este”, explica Ana Marisa Chudzinski-Tavassi, coordenadora-geral e de inovação do curso.

Um diferencial do curso é a reunião de profissionais de diferentes segmentos, e a aproximação de pessoas oriundas de universidades e de empresas, o que possibilita a convergência e o compartilhamento de informações e torna o aprendizado muito mais amplo, complexo e completo.

Com formato semipresencial (blended learning), o curso é interativo e está estruturado para o desenvolvimento teórico e prático de profissionais, para que possam gerenciar todas as etapas do processo de inovação em saúde.

Os encontros presenciais ocorrem mensalmente no Instituto Butantan e são complementados por conteúdos disponibilizados na internet e atividades realizadas a distância.

O curso utiliza a metodologia da sala de aula invertida e os participantes recebem o conteúdo teórico com antecedência para estudo. No momento presencial têm aulas com corpo docente e conferencistas experientes, das várias instituições do país e do exterior e também de empresas que adotam ferramentas e práticas bem-sucedidas de gestão, tiram dúvidas e aplicam os conceitos aprendidos em trabalhos gamificados realizados em grupo. Após o momento presencial, os participantes revisam o conteúdo, fazem atividades e checam seu desempenho a distância.

Para a matrícula, é exigido nível superior com graduação nas mais diversas áreas, sendo o curso de interesse para a formação e o aperfeiçoamento de profissionais interessados na gestão de projetos inovadores de saúde, de órgãos públicos ou empresas, profissionais ligados a programas financiados por agências de fomento (CEPIDs, PITE e PIPE da FAPESP e RHAE do CNPq) e programas de outros órgãos como Finep e BNDES.

O curso contempla ainda profissionais ligados a Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), startups, incubadoras, aceleradoras, órgãos reguladores (Anvisa, INPI, Inmetro e Contract Research Organizations – CROs), entre outros, como servidores estaduais e federais, advogados, engenheiros biomédicos e demais profissionais com atuação na área da saúde, além de mestrandos, doutorandos e pós-doutorandos interessados em pesquisa aplicada, bem como empreendedores e investidores que buscam nichos de mercado nessa área.

O curso está ligado ao Centre of Excellence in New Target Discovery (CENTD), resultado da parceria entre Instituto Butantan, FAPESP e GlaxoSmithKline para validação de alvos terapêuticos que possibilitem a criação de novos fármacos para doenças de base inflamatória e é apoiado por essas instituições.

O processo de seleção é feito por meio de análise do curriculum vitae – que leva em conta a formação acadêmica, percurso profissional, atividades técnico-científicas e de pesquisa, carta de intenção do candidato e entrevista pessoal com a coordenação do curso.

Para mais informações acerca do curso e inscrições, acesse o site do MBA: mba.butantan.gov.br.

Agência Fapesp