Notícia

Gestão C&T

Aberta chamada da Fapesp e do Inra

Publicado em 01 junho 2008

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) lançou, no dia 28, em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica (Inra), da França, uma chamada pública de propostas no âmbito do acordo de cooperação técnica assinado em abril deste ano entre as duas instituições. As propostas podem ser enviadas até o dia 5 de agosto.

O lançamento do edital, realizado na sede da Fapesp, contou com a participação dos seguintes representantes do Inra: a presidente Marion Guillou, e os diretores científicos Pierre Stengel, François Houllier e Patrick Herpin. A Fapesp foi representada pelo presidente Celso Lafer e pelo diretor científico Carlos Henrique de Brito Cruz.

A chamada pretende selecionar e apoiar projetos de pesquisa cooperativos no campo das ciências agronômicas e das ciências da vida, que deverão ser desenvolvidos por meio do intercâmbio de pesquisadores e estudantes vinculados às unidades francesas de pesquisa do Inra e às instituições de ensino superior e de pesquisa paulistas.

O edital conta com duas modalidades. A primeira é voltada para pesquisadores, com título de doutor ou equivalente, de instituições públicas ou privadas do Estado de São Paulo. A segunda é destinada a pesquisadores responsáveis por Auxílios Regulares a Pesquisa, Projetos Temáticos, Apoio a Jovens Pesquisadores ou Centros de Pesquisa Inovação ou Difusão (Cepids), com financiamentos vigentes na Fapesp.

Na primeira modalidade, que poderá contar com projetos de Auxílio a Pesquisa com duração de até dois anos, a Fapesp destinará até 300 mil euros para o apoio à parte paulista do custeio de projetos de pesquisa, o que inclui as despesas com mobilidade de pesquisadores e estudantes. O Inra destinará o mesmo valor para a parte francesa.

No âmbito da segunda modalidade, cujas missões deverão ocorrer durante a vigência dos projetos a que se vincularem, serão destinados até 100 mil euros por instituição. A expectativa é que os resultados dos projetos gerem publicações de artigos científicos e propriedade intelectual e também apresentem potencial de aplicação no mercado.