Notícia

Vip Virtual online

ABAL - Encontros Musicais dia 18/10

Publicado em 15 outubro 2013

Há cerca de 33 anos a ABAL Campinas mantém a série Encontros Musicais, que atinge sua 1.100ª. apresentação na próxima sexta-feira, dia 18/10, com o objetivo de oferecer um palco para as vozes líricas da cidade, em especial aos cantores líricos em início de carreira. Muitos jovens valores, alguns hoje com sólida carreira nos principais teatros brasileiros, deram seus primeiros concertos dentro dessa programação. A jovem soprano Karen Stephanie, que já possui expressivo currículo, é um desses promissores valores para a cena lírica e se exibe nos Encontros Musicais, sexta-feira, às 20 horas, no auditório Carlos Tontoli, da ACI (rua Barreto Leme, 1479, Centro, tel. 3234-2591), em recital com acompanhamento do pianista Rodrigo Antônio Silva. Estão no repertório árias e peças de câmara como Cantares (Ronaldo Miranda); Coração triste (Alberto Nepomuceno); Suspiros dalma (Carlos Gomes); Peixes de prata (Gilberto Mendes); Acalanto da rosa (Claudio Santoro); Quem sabe?! (Carlos Gomes); La preghiera dellorfano (Carlos Gomes); Mein libster freund (Bastien und Bastienne - Mozart); Ich geh jetzt auf die Weide (Bastien und Bastienne - Mozart); In uomini, in soldati (Despina - Cosí fan tutte - Mozart); Una donna a quindici anni (Despina - Cosi fan tutte - Mozart); e Saper Vorreste (Oscar - Un ballo in maschera - Verdi). Haverá dois solos de piano com Rodrigo Antônio Silva.

Karen Stephanie, hoje com 23 anos de idade, iniciou seus estudos musicais aos 9 anos, diplomando-se no curso técnico em música como pianista pela Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernest Mahle. Graduada no curso de Licenciatura em Música no Departamento de Música da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, da Universidade de São Paulo - campus de Ribeirão Preto, passou a dedicar-se ao estudo de canto quando ingressou no curso, no ano de 2008, tendo professores como Suely Freitas, Yuka de Almeida Prado e Celine Imbert. Interpretou obras do período Colonial Brasileiro em diversos concertos (2009 e 2010) sob regência de Cristina Emboaba, regente dos corais da Unesp de Franca e Jaboticabal. Participou como solista no Festival de Música nas Montanhas (2011 e 2012), em Poços de Caldas, atuando em diversos recitais.

Também participou do festival "Fiato al Brasile" na cidade de Faenza, na Itália (2012 e 2013), interpretando obras de Claude Debussy, Robert Schumann, Giuseppe Verdi, entre outros. Participou de diversos Congressos Internacionais ligados ao canto coral e canto lírico, promovidos pela USP/FFCLRP, com regentes como Antonio Pantaneschi (Roma-Itália),Tobias Hiller (Tübingen-Alemanha), Miguel Felipe (Universidade de Boston-USA), Erik Westberg (Suécia), e se apresentou como solista no Encontro Internacional de Música Coral (2011) sob orientação da cantora norte-americana Sarah Meredith, da Universidade de Wisconsin em Green Bay. Atualmente é orientada pela cantora lírica Juliana Starling, com quem desenvolve abrangente repertório.

O pianista Rodrigo Antônio Silva é natural de Coromandel, no triângulo mineiro, tendo iniciado seus estudos musicais aos 5 anos de idade (1999) em Monte Carmelo, sob orientação de Vânia Nunes, com quem permaneceu até 2003. De 2000 a 2004 participou de diversos concursos de piano, obtendo o primeiro prêmio em São Paulo (Clavinova-Yamaha 2001) e Ituiutaba (Abrão Calil Neto, 2001, 2002 e 2003). De 2004 a 2007 foi aluno de Eliane Nunes e, de 2008 a 2010, de Eliezer Araújo, no Conservatório Municipal de Patrocínio, onde também esteve sob orientação de Mário Marcos Rosa (Percepção Musical, Solfejo e Harmonia Funcional). Desde 2011 cursa o Bacharelado em Piano no Departamento de Música da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo, sendo aluno de Fernando Crespo Corvisier (Piano) e orientando de Iniciação Científica de Rubens Russomanno Ricciardi, com bolsa da FAPESP. Como aluno de graduação pelo DM-FFCLRP-USP atua como pianista colaborador nas aulas de Yuka de Almeida Prado (canto). Como solista se apresentou à frente da USP-Filarmônica e da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto interpretando o Concerto 1, op. 15 de Ludwig van Beethoven. Participou de masterclasses com Paulo Brucoli, Kristina Miller-Koeckert, Luisa Splett, David Severtson, John Milbauer e teve aula com o vencedor do X Concurso Chopin de Varsóvia, o pianista vietnamita Dang Thai Son.

 

Entrada franca.