Notícia

Correio Braziliense

A vacina brasileira da Aids

Publicado em 10 agosto 2014

Por Flávia Duarte
Quando a Aids começou a ganhar a fisionomia de corpos esquálidos nos anos 1980, o diagnóstico da doença era inevitavelmente uma sentença de morte, somada ao preconceito que carregava o estilo de vida das primeiras vítimas do vírus. Passadas quase três décadas desde que rostos famosos se tornaram cadavéricos — popularizando o conhecimento sobre a existência da doença, mantida em segredo em grupos mais restritos e pelas famílias dos pacientes menos célebres —, a Aids até hoje carrega estigmas. Bem mais amenos, é verdade. O [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.