Notícia

Valor Econômico

A sedução do futuro

Publicado em 01 dezembro 2007

Exercícios de futurologia costumam ser um convite ao erro. Não apenas porque seus autores estão sujeitos a prever coisas que nunca se tornarão realidade, mas principalmente porque correm o risco de não antecipar as tecnologias capazes de mudar, para valer, a vida das pessoas. Um exemplo? Ninguém passa férias em Marte, como prevê o filme "Total Recall", baseado em um conto de Philip K. Dick, ou vai para o escritório de aeronave, uma visão populariza da até por desenhos animados. Ou você não se lembra de "Os Jetsons"? Em [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.